Receitas veganas para harmonizar com vinho

Gastronomia se reinventa para criar novas receitas para os adeptos ao veganismo; siga as dicas de sommelier e chef de cozinha


Receitas sofisticadas pedem um toque de vinho para garantir aquele gostinho especial, principalmente os pratos que levam carnes. No entanto, com o aumento dos adeptos ao veganismo (alimentação sem carne ou derivados de origem animal), o mundo da gastronomia tem se reinventado e… por que não harmonizar tudo com vinho? Pode? Pode sim, em doces e salgados, e fica uma delícia! A cozinheira, Lúcia Elena Guimarães, e a sommelier, Natália Cacioli, ensinam a preparar quatro receitas especiais e combiná-las com vinho, para servir em jantares e almoços festivos.

Consultoria: Evino e GetNinjas

Foto: Pixabay
Quiche pede vinho branco leve e refrescante

Quiche de rúcula e tomate cereja

Ingredientes
Massa
2 xícaras (chá) de farinha de trigo orgânica
1/3 xícara (chá) de óleo de coco gelado cortado em pedaços
4 colheres (sopa) de azeite
10 colheres (sopa) de água gelada

Recheio
1 caixa de creme de leite vegetal
1 xícara (chá) de tomate cereja cortado ao meio
1 xícara (chá) de rúcula picada e lavada
Sal
Pimenta-do-reino
Noz-moscada ralada a gosto

Modo de preparo

MASSA. Misture em uma vasilha a farinha, o sal, o óleo e o azeite. Faça uma farofa e aos poucos acrescente a água gelada até formar uma massa uniforme. Embale em plástico PVC e deixe descansar por 20 minutos na geladeira. Abra a massa em uma forma ou um recipiente de vidro de 24cm.

RECHEIO. Em outra vasilha, junte o creme de vegetal, os tomates, os temperos ao seu gosto e a rúcula. Mistura delicadamente para não desmanchar os tomates. Fure a massa com um garfo e, em seguida, junte o recheio. Leve ao forno preaquecido por 40 minutos.

Harmonização

Para essa receita leve e rica em sabores e temperos (quiche), a sugestão são os vinhos de corpo médio, sem passagem por barricas de carvalho. Um italiano de Chianti, produzido com a uva Sangiovese ou um Carménère chileno combinam. Outra opção é um vinho branco leve e refrescante da uva Chardonnay que, além de tudo, complementará o sabor do coco que integra a receita.

Assado de vegetal com tofu

Ingredientes
1 xícara (chá) de vagem cozidas e picadinhas
1 xícara (chá) de chuchu cozidos e picadinhos
½ xícara (chá) de azeitonas picadinhas
2 xícaras (chá) de tofu amassado
3 xícaras (chá) de pão esfarelado
2 xícaras (chá) de leite de soja culinária
1 cebola picadinha
Alho
Sal
Orégano
Salsinha e outros temperos a gosto

Modo de preparo
Misture o tofu com o leite de soja, o pão esfarelado e os temperos. Bata como um creme, junte os vegetais delicadamente e leve para assar em forma untada com azeite.

Harmonização

As características vegetais e sabores discretos da receita combinam com vinhos brancos. Sauvignon Blanc é uma uva com aromas herbáceos e combina muito com receitas veganas e vegetarianas. A leveza do famoso Vinho Verde, de Portugal, também casa muito bem com os ingredientes do prato.

Bolo de cardamomo

Ingredientes
1 xícara (chá) de farinha de trigo

1 xícara (chá) de farinha de espelta ou “trigo vermelho”
1 colher (sopa) rasa de fermento
½ xícara (chá) de açúcar mascavo
2 colheres (chá) de cardamomo moído
½ xícara (chá) de óleo de coco derretido
1 colher (sopa) de amido de milho diluído em 2 colheres (sopa) de água
¾ copo de leite vegetal (150ml)

Modo de preparo
Misture separadamente os ingredientes líquidos e sólidos (a farinha espelta tem um teor de glúten mais leve que uma farinha de trigo, e é rico em vitaminas B, ferro e cobre). Depois, junta-os aos poucos, mexendo muito bem. Leve ao forno por 40 minutos, temperatura de 180°C em forma untada e farinhada. Espere esfriar antes de servir.

Harmonização

Para a sobremesa, a sommelier Natália Cacioli sugere vinhos que tenham algum açúcar como os de colheita tardia ou um Sauternes, da França. Experimente com as versões “Ice” dos Champagnes, já que eles são demi-sec e têm um pouco mais de açúcar residual.

Mousse de chocolate e castanha portuguesa

Ingredientes
200g de castanha portuguesa cozidas e trituradas no mix
200g de chocolate meio amargo derretido
4 colheres (sopa) de açúcar demerara
1 caixa de creme de leite vegetal (200g)
Pitada de gengibre
2 colheres (sopa) vinho do Porto ou licor de amêndoa
Raspa de limão e frutas vermelhas para enfeitar.

Modo de preparo
Bata o creme vegetal com o açúcar, junte o chocolate derretido, o gengibre em pó e o vinho. Distribua em taças e decore com raspas de limão e as frutas. Gelar por 4 horas.

Harmonização

Essa sobremesa tem aromas e sabores bastante marcantes. O Vinho do Porto, um tipo de vinho fortificado e bastante complexo, equilibra os sabores da receita. Outra opção é apostar em versões doces da uva Moscatel, espumantes demi-sec, vinhos brancos doces e fortificados (que são mais alcoólicos). “O ideal é servir o vinho fortificado mais frios, por volta dos 12ºC, pois nessa temperatura o álcool e açúcar ficam mais equilibrados”, ressalta Natália Cacioli.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!