Economia de gás: uma questão de atitude

Especialista dá dicas básicas para fazer o gás de cozinha durar mais tempo e também fala sobre medidas de segurança que evitam acidentes


Com a crise que se instaurou no País, o gás, item essencial nas cozinhas brasileiras, ficou bem mais caro – cerca de 12%, de acordo com pesquisas. Por isso, rever conceitos na hora de cozinhar implica economizar a quantidade de gás utilizada e também é uma questão de segurança.

“A alta dos preços do gás de cozinha pesou no bolso dos consumidores nos últimos tempos e em busca de valores mais baixos, muitas pessoas se arriscam a comprar botijões de revendas clandestinas. Com isso o risco de acidentes aumenta consideravelmente, pois estes produtos não passam por nenhum tipo de controle de qualidade e segurança”, alerta Otávio Tranchesi, diretor de marketing do aplicativo Chama.

Ele destaca ainda que as revendas que não possuem autorização da ANP (Agência Nacional de Petróleo) para operar, não cumprem os requisitos de segurança. “A economia não compensa o risco, porque tanto o botijão quanto o conteúdo podem estar alterados”. Um dos principais cuidados, segundo Tranchesi, é verificar se o botijão está em perfeito estado para ser utilizado sem riscos de acidentes. “Antes de comprar é imprescindível verificar, por exemplo, se não há sinais de ferrugem nem amassados e se o lacre de segurança está intacto”, observa.

Foto: App Chama_Divulgação
Alguns cuidados precisam ser observados na hora de comprar o botijão como marcas de ferrugem e amassados

Anote essas dicas / Especialista Otávio Tranchesi chama a atenção para questões básicas

O FOGO. Se as chamas do fogão surgirem amareladas ou alaranjadas, é sinal que os bocais não estão funcionando devidamente. Isso implica no maior gasto de gás. O ideal é que as chamas sejam azuis.

EM PEDAÇOS. Antes de colocar os alimentos na panela, atenção ao tamanho deles: pedaços muito grandes demoram mais a ficar prontos.

TESTE DO VAZAMENTO. Toda vez que trocar seu botijão faça o teste do vazamento. Ao conectar o regulador de pressão, passe bastante espuma de sabão entre a conexão do regulador e a boca do botijão. Caso surjam bolhas, é indicativo de vazamento, então o regulador deve ser desconectado e o procedimento repetido. Se as bolhas persistirem, solicite a troca do botijão.

AREJAR O LOCAL. Ao perceber o vazamento de gás, feche o registro imediatamente. Em seguida abra as portas e janelas para o ar circular. Caso a luz esteja apagada, não acenda, pois pode ocasionar uma explosão.

LONGE DOS RALOS. Nunca instale o botijão próximo a ralos, grelhas de escoamento de água, caixas de esgoto e instalações elétricas. O equipamento deve manter uma distância mínima de um metro e meio destes ambientes. Isso evita que, em caso de vazamento, o gás se deposite nesses locais e cause explosões.

Importante saber…

1 – Cuidado com a posição da mangueira
Algumas pessoas não prestam muita atenção na hora de posicionar a mangueira do gás e a passam pela parte traseira do fogão. Isso não deve acontecer. A temperatura do forno pode danificar a mangueira e causar vazamentos. Posicione a mangueira sempre lateralmente.

2 – Atenção aos prazos de validade
Uma mangueira vencida é um verdadeiro perigo e pode apresentar problemas como o acúmulo de sujeira ou ficar ressecada, provocando o vazamento do gás no encaixe do fogão ou do botijão de gás. Recomenda-se que elas sejam trocadas a cada cinco anos no máximo, garantindo a integridade e a segurança da peça.

3 – Não faça ‘extensões’ na mangueira de gás
Jamais faça extensões improvisadas usando várias mangueiras para aumentar o comprimento. Tampouco não mantenha a mangueira muito esticada – ambas as situações expõem o consumidor a riscos.

4 – Mantenha o botijão em local arejado
É importante prestar atenção no armazenamento do botijão e jamais mantê-lo em locais fechados e confinados, como armários, porões ou caixas. Também é importante manter o produto protegido de fontes de calor, faíscas e redes elétricas.

5 – Não ‘deite’ o botijão
Acreditando que irão aproveitar o gás até o final, algumas pessoas colocam o botijão na posição horizontal. Mas, além disso não ser verdade, colocar o botijão nesta posição pode danificar a válvula, causar um vazamento e, consequentemente, um acidente.

6 – Mantenha o gás bem longe de produtos inflamáveis
Mantenha produtos como querosene, álcool, removedor, inseticidas e aerossóis armazenados em locais distantes de onde se encontra o botijão de gás. Do contrário, em caso de vazamento, eles podem entrar em contato com o gás e causar explosões.

7 – Ajuste o regulador de pressão sem ajuda de ferramentas
É importante fazer a instalação do regulador de pressão sempre manualmente, pois ferramentas podem avariar a peça e ainda oferecerem risco da produção de faíscas, caso haja atrito com o botijão.

Fonte: APP Chama

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!