E-book gratuito traz dicas de cardápio para ter mais energia

Nutricionista seleciona receitas e dicas sobre o cardápio ideal para combater a falta de disposição e cansaço


Falta de energia e disposição para realizar todas as tarefas do dia a dia, potencializada pelas preocupações com as finanças familiares e outras questões pessoais e profissionais, têm se tornado uma queixa cada vez mais comum.

Foto: Facebook / Reprodução
A nutricionista Aline Quissak disponibilizou o e-book para download

Na opinião da nutricionista e pesquisadora Aline Quissak, a dieta alimentar inadequada é um dos fatores que colaboram com a sensação de cansaço e abatimento ao longo do dia. Pensando nisso ela elaborou um livro gratuito, que pode ser acessado pela internet, com dicas e sugestões de receitas. “Criei um e-book exclusivo para que as pessoas possam dar um adeus ao cansaço”, observa.

Segundo ela, o livro reúne ciência e nutrição para melhorar a qualidade de vida. Para ter acesso ao conteúdo elaborado, basta acessar o site https://conteudo.nutrisecrets.com.br/receitas-para-turbinar-sua-disposicao, preencher um formulário e baixar o livro.

O livro eletrônico integra um projeto lançado pela nutricionista em janeiro deste ano: O curso on-line “Lotus – Reinicie seu corpo, reprograme sua alimentação e libere sua melhor versão”. As aulas, diz ela, são dividias em 5 módulos: prepare-se, reequilibre-se, reinicie-se, reconstrua-se e libere sua melhor versão.

“O conteúdo do curso é o primeiro do Brasil nesses moldes e as aulas podem ser acessadas a qualquer momento e de qualquer lugar. “Precisamos acabar com a ideia de que ser saudável tem a ver com dietas restritivas e sofrimento. O alimento é saúde e cultura, comer é entretenimento. Com o conhecimento, podemos ter tudo isso”, afirma a especialista em nutrição funcional e desenvolvimento de receitas com foco em nutrigenética e nutrigenômica.

Você sabia…

Pesquisa Ibope Inteligência de 2017, apontou que 98% dos brasileiros dizem ter algum nível de cansaço físico ou mental. Os jovens – entre 20 e 29 anos -, são os mais cansados, sendo 99% dos entrevistados nesta faixa que afirmaram estar exaustos. “O motivo? Estresse, correria do dia a dia, falta de condicionamento físico, má alimentação, problemas pessoais e no trabalho, dentre outros”, enumera a nutricionista Aline Quissak.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora