Desvende os segredos da famosa culinária de São Pedro

Mais Sabor vai a estância turística, situada a cerca de uma hora de Americana, para degustar as receitas que têm fisgado o turista pelo estômago


O circuito gastronômico tem atraído um número cada vez maior de turistas ao interior. Aqui na região, São Pedro – que é uma das localidades mais procuradas para o turismo de aventura -, ocupa também lugar de destaque no roteiro da elogiada comida caipira.

O Mais Sabor foi conferir de perto quais os “ingredientes” que garantem o sucesso da culinária são-pedrense. O que se percebe logo de cara é uma fórmula arrebatadora, que alia o gostinho da comida caseira ao talento de acolher os turistas em estabelecimentos aconchegantes e caprichosamente decorados. São cafés, restaurantes e docerias, além de choperias e cachaçarias, pousadas e hotéis que investem em receitas exclusivas preparadas no fogão a lenha.

Foto: Divulgação
No Quintal da Serra Café Colonial Rural, pães, doces, bolos, tortas, lanches e outras delícias são servidas aos finais de semana

O Quintal da Serra Café Colonial Rural (@quintaldaserracafecolonial) é um desses lugares que remetem ao “comfort food” ou comida confortável, que desperta sensação de conforto e bem-estar ao ser degustada. Descendente de italianos, a proprietária – psicóloga paulistana Meire Valicenti -, transformou sua casa de campo em um charmoso café colonial rural. “É um café caipira que remete ao café dos Bandeirantes, com a proposta de o próprio turista se servir”, explica.

O estabelecimento oferece café da manhã aos domingos e feriados. Aos sábados, funciona das 10h às 15h, no sistema “brunch”, com quiches, terrine, sanduíches frios e de carne, além de panqueca e saladas, entre outros pratos saborosíssimos.

Foto: Priscila Alves_ Prefeitura de São Pedro
Restaurante Vila Del Capo funciona dentro de um antiquário e remete o turista a uma viagem à Idade Média

O restaurante e antiquário Vila Del Capo http://www.viladelcapo.com.br tem uma ambientação inspirada nos castelos medievais. No cardápio à la carte o turista encontra pratos da alta gastronomia, que podem ser degustados enquanto admira as antiguidades e obras de arte ao redor.

O autêntico tempero caipira também recheia o menu da pousada Cachoeiras da Furna  http://www.cachoeirasdafurna.com.br . Além da variedade de carnes, guarnições e saladas, os doces caseiros de tacho completam a aventura culinária. Aos domingos, entre as comidas típicas da fazenda, o restaurante prepara a costela de chão e  leitoa à pururuca.

E já que em São Pedro é melhor os visitantes deixarem a dieta de lado, o roteiro gastronômico se estende às docerias. Uma das mais famosas é a Zuleika’s Doces (@zuleikasdoces).  Na confeitaria artesanal, situada no Centro de São Pedro, é difícil escolher entre bolos, tortas e bombas de encher os olhos e dar água na boca.

Foto: Jaracatiá Doces e Arte_Divulgação
Delícias feitas com o fruto jaracatiá

Dona Zuleika, sim ela existe, conta que tudo começou em uma feirinha em frente à igreja. Hoje, o ponto que já tem 36 anos tornou-se parada obrigatória para os turistas. As especialidades da casa são o bolo rigoletto, pavê de bombom, bolo de coco gelado, bolos caipiras, brigadeiro de café, entre outras criações próprias e exclusivas. O segredo dos seus doces, a simpática senhora revela em uma frase: “Uso apenas produtos de primeira linha”, diz a doceira de mão cheia.

Também não deixe de ir ao Jacaratiá Doce & Arte https://jaracatia.com e se lambuzar nas geleias, compotas, licores, cervejas e sorvetes entre outros produtos.

O estabelecimento é famoso por produzir verdadeiras iguarias usando como principal ingrediente um fruto raríssimo de se encontrar em outro local que não seja em São Pedro.

O jaracatiá – que exige um manuseio bem específico e criterioso -, rende doces deliciosos e de sabor inigualável.

Cachaça e cervejas artesanais estão no roteiro

Em São Pedro o turista também pode se aventurar na rota das cervejarias e cachaçarias que fabricam produtos de qualidade diferenciada. Interessante destacar que o processo de fabricação é aberto aos visitantes, incluindo degustação, no tour guiado. A cervejaria HZB (Halb Zeit Bier)  http://www.hzb.com.br/cervejaria-hzb , recebe uma média de 400 turistas aos finais de semana, que encontram uma variedade de sabores entre pilsen, weiss, red lager, stout e IPA. A produção mensal é de cerca de 8 mil litros. Entre as opções está a exótica cerveja sabor jaracatiá (fruto da terra). A estância turística figura entre as 116 cidades que integram a rota cervejeira do Estado. Situada a uma altitude 1.100 metros, a Cachaçaria Da Diretoria  https://www.cachacadadiretoria.com.br/ tem como atrativo não apenas a vista privilegiada da Serra do Itaqueri. A qualidade da produção das cachaças ouro e prata deve-se ao uso de água mineral natural retirada a uma profundidade de 350 metros. O envelhecimento é em tonéis de carvalho e o envase ocorre após 18 meses. As visitas monitoradas são realizadas de terça-feira a domingo, das 10h às 18h.

Foto: Divulgação
Chopeira da cervejaria artesanal HZB imita guidão de motocicleta

Confira o passo a passo de famosas receitas são-pedrenses para reproduzir em casa e bom apetite!

Foto: Quintal da Serra_Divulgação
Chico balanceado é uma das maravilhas do Quintal da Serra Café Colonial Rural

Chico balanceado

Ingredientes

  • 3 xícaras (chá) de açúcar
  • 1 xícara (chá) de água
  • 1 litro de leite
  • 2 colheres (sopa) cheia de amido de milho
  • 6 gemas
  • 1 lata de leite condensado
  • 6 claras
  • ½ xícara (chá) de açúcar

Modo de preparo
Em uma panela faça uma calda cor de caramelo com 3 xícaras de açúcar e 1 xícara de água. Depois caramelize o fundo de um refratário e deixe esfriar. Em uma outra panela coloque 1 litro de leite, 2 colheres de amido de milho, 6 gemas e 1 lata de leite condensado e leve ao fogo médio até ficar um creme (mais ou menos por 15 minutos). Despeje no refratário caramelizado e reserve. Obs: Neste momento você pode incrementar a receita original adicionando frutas de sua preferência. Em uma batedeira, faça um merengue firme, com 6 claras em neve e depois adicione ½ xícara de açúcar. Coloque este merengue sobre o creme do refratário. Leve ao forno preaquecido a 160ºC, por cerca de seis minutos ou até o merengue começar a ficar dourado. Retire do forno, deixe esfriar e sirva a seguir.

Dica. Sugestões de frutas para incrementar o doce: fatias de banana grelhadas, morangos fatiados e polvilhados com açúcar, ameixa preta em calda.

Fonte: Quintal da Serra Café Colonial Rural

Foto: Quintal da Serra_Divulgação
Doce de abóbora com flor de sal

Doce de abóbora com flor de sal

Ingredientes

  • 1kg de abóbora descascada
  • 3 xicaras (chá) de açúcar
  • 2 canelas em pau pequenas
  • 4 cravos-da-índia
  • 1 colher (café) de flor de sal

Modo de preparo
Descasque a abóbora, corte em pedaços e cozinhe (pedaços quadrados de mais ou menos 4 ou 5 cm). Depois de cozida, escorra a água, amasse bem com o garfo e leve ao fogo em uma panela com o açúcar, cravo e a canela. Deixe no fogo e mexa até desprender do fundo da panela. Retire do fogo, misture a flor de sal e leve novamente ao fogo. Continue a mexer até desprender novamente do fundo da panela.

Fonte: Quintal da Serra Café Colonial Rural

 

Torta de goiabada

Foto: Adobe Stock
Torta de goiabada é uma das receitas especiais que os turistas podem saborear no Quintal da Serra

Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo com fermento
  • 1/2 xícara (chá) de açúcar
  • 1/2 xícara (chá) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de limão (só a casca) ralada
  • 1 pitada de sal
  • 1 ovo
  • 150g de queijo minas (ou branco) meia cura, ralado fino
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 gemas
  • 2 claras batidas em neve
  • 2 colheres (sopa) de amido de milho mais 1 colher (chá)
  • 1 lata de creme de leite
  • 3/4 xícaras (chá) de geleia de goiaba
  • 1 1/2 colher (sopa) de água

Modo de preparo
Em uma tigela, misture a farinha, o açúcar, a manteiga, as rapas de limão, o sal e 1 ovo com a ponta dos dedos até ficar homogêneo.

Cubra e leve à geladeira por 10 minutos. Aqueça o forno a 180°C.

Forre com a massa o fundo e a lateral de uma forma de abrir com 22 cm de diâmetro. Com um garfo, faça furos na massa para não criar bolhas. Em uma tigela, misture o queijo, o leite condensado, as gemas, as claras em neve, 2 colheres (sopa) de amido e o leite até ficar homogêneo. Recheie a massa com esse creme e cubra com papel-alumínio. Leve ao forno por 40 minutos. Retire o papel e deixe por mais 10 minutos ou até dourar. Retire do forno e deixe amornar. Em uma panela, misture a goiabada, a água e 1 colher (chá) de amido e leve ao fogo médio, mexendo sempre, até a geleia se dissolver e a mistura engrossar ligeiramente. Cubra a torta de queijo com essa mistura e deixe na geladeira por, no mínimo, 2 horas.

Fonte: Quintal da Serra Café Colonial Rural

Foto: Quintal da Serra_Divulgação
Torta de frango está no menu do charmoso café colonial

Torta de frango

Ingredientes

Massa

  • 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 6 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1/2 lata de creme de leite
  • 2 gemas
  • 1 colher (chá) de fermento em pó

Recheio

  • 1 peito de frango cozido e temperado
  • Salsinha picada a gosto
  • 100g de catupiry ou requeijão
  • 1 caixinha de creme

Modo de preparo
MASSA. Junte a farinha de trigo com o creme de leite, a manteiga, as gemas, o fermento em pó e o sal. Misture e vá amassando a massa com as mãos, até ficar bem lisa e homogênea. Em seguida, embrulhe a massa com plástico filme. Leve-a à geladeira, por 30 minutos para descansar.

RECHEIO. Em uma tigela junte todos os ingredientes. Em seguida, misture bem. Reserve.

MONTAGEM. Abra a massa com a ajuda de um rolo. Forre uma assadeira ou travessa com uma parte da massa. Coloque o recheio e feche a torta com o restante da massa, formando uma tampa. Pincele por cima com a gema. Leve para assar em forno preaquecido a 180ºC, por cerca de 30 a 40 minutos.

Fonte: Quintal da Serra Café Colonial Rural

Ossobuco à italiana

Foto: Vila Del Capo_Divulgação
Ossobuco com polenta: umas das especialidades do Restaurante e Antiquário Vila Del Capo

Ingredientes

  • 10 peças de ossobuco
  • 1 cebola
  • 1 cabeça de alho
  • 1kg de tomates maduros
  • 1 litro de fundo de carne
  • Ervas variadas
  • Pimenta calabresa
  • 20g de Sázon
  • 100g de bacon
  • 200ml de vinho tinto seco

Polenta

  • 1 litro de fundo de carne
  • 500ml de leite
  • 10g de caldo de legumes em pó
  • 1 pitada de açafrão
  • 100g de parmesão
  • 50g de gorgonzola
  • 220g de fubá italiano (hidratado em água)
  • Azeite, alho, cebola e alho-poró a gosto

Modo de preparo
OSSOBUCO. Limpe e sele os ossobucos; reserve. Corte uma cebola, grosseiramente, para caramelizar. No liquidificador, colocar a cebola, o alho, os tomates frescos, pimenta calabresa, bacon, caldo de carne em pó, ervas frescas, vinho tinto e um fundo de carne. Bater tudo e reserve. Dispor os ossobucos em uma assadeira e adicione sobre eles a mistura reservada. Cubra com papel alumínio e leve ao forno a 120°C, por 90 minutos. Após esse tempo vire os ossobucos e acerte o sal. Volte a assadeira ao forno por mais 90 minutos.

POLENTA CREMOSA. Em uma panela colocar azeite, alho, cebola e alho-poró para dourar. Em seguida, acrescente 1 litro de fundo de carne, o leite, caldo de legumes em pó, a pitada de açafrão, o parmesão e o gorgonzola. Assim que levantar fervura, junte o fubá italiano já hidratado em água. Mexer até engrossar. Tampe a panela de pressão e deixe cozinhar por uns 10 minutos em fogo bem baixo. Depois é só servir como acompanhamento para o ossobuco.

Rendimento: 10 porções

Fonte: Restaurante e Antiquário Vila Del Capo

Foto: Vila Del Capo_Divulgação
Com toque gourmet, o tiramissu é uma sobremesa irresistível

Tiramissu

Ingredientes

  • 5 gemas
  • 150g de açúcar
  • 10ml de vinho marsala
  • 300g de cream cheese
  • 200g de chantilly
  • 100g de chocolate em pó
  • 50ml de licor de café
  • 200g de pó de café
  • 1,5 litro de água
  • 300g de bolacha champanhe

Modo de preparo
Separe as gemas e passe-as pela peneira. Junte o açúcar e o vinho marsala e coloque para bater em velocidade rápida até triplicar de volume. Desligue, coloque 300g de cream cheese e mexa apenas para incorporar. Misture o chantilly já batido e reserve esse creme. Faça um café forte e deixe amornar. Depois adicione o licor de café. MONTAGEM. Em uma vasilha, faça camadas intercalando: creme, chocolate em pó, bolacha embebida no café… creme, chocolate em pó, bolacha embebida e, por último, mais uma camada de creme com o chocolate em pó por cima.

Dica. Marsala é um tipo de vinho fortificado tradicional da Sicília, na Itália.

Fonte: Restaurante e Antiquário Vila Del Capo

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora