Carboidratos são fundamentais na dieta

Tido como um dos vilões do corpo por quem quer perder peso, os carboidratos são importantes fontes de nutrientes para o organismo


Quando o assunto é dieta ou emagrecimento, o carboidrato é sempre tratado como vilão. Afinal, há quem diga que esse nutriente não é saudável e ajuda a engordar, afastando aquele corpo esbelto e idealizado por muitas pessoas. O fato, no entanto, é que os carboidratos, presentes em vários alimentos, são importantes fontes de energia e deixar de consumi-los pode trazer alguns problemas de saúde.

De acordo com a nutricionista Juliana Pizzocolo, o equilíbrio no consumo desse tipo de nutriente é a chave de tudo. “Os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo”, afirmou a especialista. “Seu consumo é de suma importância para a vida, já que eles são responsáveis por diversas funções no organismo, principalmente nutrir as células do sistema nervoso central”, ressaltou.

Ainda segundo Juliana, retirar alimentos que contenham carboidratos da dieta sem orientação ou aconselhamento de um especialista pode trazer uma série de problemas para a saúde, como fadiga, tontura, cansaço, dores de cabeça, irritabilidade, falta de concentração e ansiedade. Portanto, uma alimentação balanceada inclui a ingestão de carboidratos nas refeições.

Foto: Pexels
Carboidrato é fundamental para uma dieta balanceada

“Não se deve ter medo de nenhum alimento. O mais importante é saber o momento certo, bem como as quantidades ideais para cada indivíduo. Por conta disso, é indispensável o acompanhamento com um nutricionista para um plano alimentar individualizado”, apontou a nutricionista.

Alimentos como arroz, macarrão, massas em geral, biscoitos, refrigerantes e pães são as principais fontes de carboidratos, mas não são os únicos: até mesmo verduras, frutas e grãos são fontes desse nutriente. Batata, ervilha, grão-de-bico, lentilha, banana, feijão, manga e soja, por exemplo, são alguns alimentos que podem ser usados como importantes fontes de carboidrato.

Simples ou complexo?

Os carboidratos podem ser divididos em dois grupos: os simples e os complexos.

Foto: Pexels
Macarrão é um exemplo de carboidrato simples digeridos e absorvidos rapidamente pelo organismo

SIMPLES. Os carboidratos simples, como mel, açúcares, balas, arroz branco, macarrão, pão branco, esfirras, pizzas, doces, sucos artificiais, refrigerantes e biscoitos em geral são fontes de energia imediata. “Eles são digeridos e absorvidos rapidamente, fazendo com que se sinta fome logo após a refeição, e produzem um aumento da taxa de glicose no sangue”, explicou Juliana.

Foto: Pexels
Pão integral

COMPLEXOS. Os carboidratos complexos, por sua vez, são digeridos lentamente pelo organismo, ocasionando aumento pequeno e gradual da glicemia. “Por isso, sente-se saciado por mais tempo”, apontou a especialista. Eles são mais nutritivos, pois contém uma quantidade maior de vitaminas, minerais e fibras. Este processo de digestão mais lenta proporciona um fornecimento constante de energia e limita a quantidade de açúcares convertida em gorduras por um bom tempo. “Além disso, são importantes para auxiliar no emagrecimento, pois promovem a saciedade”. São exemplos de carboidratos complexos: frutas (maçã, banana e morango), batata-doce, feijão peto, iogurte desnatado, lentilha, aveia, pão integral e arroz integral.

 

 

 

 

Mitos e verdades

Uma das informações mais divulgadas na internet é de que os carboidratos engordam. Essa afirmação, no entanto, não é verdadeira. O nutriente em si ajuda a dar energia ao corpo e o ganho de peso depende de uma conta simples: se a ingestão calórica é maior do que seu gasto, haverá sobra de energia, e assim, armazenamento de gordura. Mas existem outros mitos em torno dos carboidratos:

Farinha branca é o pior carboidrato?
Falso. A farinha branca não é um alimento 100% saudável (por ser refinada e ter baixo teor de fibras), mas ela disputa com o açúcar refinado o título de carboidrato que em excesso prejudica a saúde. Isso porque estes alimentos conferem poucos nutrientes ao nosso corpo e o açúcar possui uma absorção rápida que pode levar ao aumento da glicemia.

Comer carboidrato à noite engorda
Parcialmente verdade. Qualquer refeição em excesso pode levar ao ganho de peso. Á noite, quando vamos dormir, a tendência é diminuirmos o metabolismo pois o organismo diminui o
gasto calórico. A preocupação na refeição após as 19 horas deve e ser com a quantidade de calorias a ser ingerida e não apenas com o nutriente.

Integrais não engordam
Falso. Apesar de serem mais saudáveis e conterem muito mais fibras do que os refinados, os carboidratos integrais, como a farinha de aveia e o arroz integral, por exemplo, apresentam aproximadamente as mesmas calorias que suas versões refinadas.

Para emagrecer, deve-se cortar o carboidrato da dieta
Falso. Os carboidratos são fontes de energia para o corpo e fazem parte de uma alimentação saudável e balanceada. Com a ausência de carboidrato, o organismo não só tende a utilizar as gorduras como fonte de energia, mas também os próprios músculos.

Carboidratos ajudam no ganho de massa magra
Verdade. Os carboidratos, antes e após o treino, são fundamentais para o aumento muscular. Antes do treino, ingerir carboidratos fornece energia para encarar as atividades sem fadiga, mantendo um bom desempenho. Depois, a ingestão de carboidratos repõe as energias do corpo e o glicogênio muscular, que é a reserva energética do músculo.

Fonte: Hospital Samaritano

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora