Renault Stepway alia forma e conteúdo

Montadora aposta na robustez e no conteúdo da versão Iconic do Stepway para surpreender segmento off-road


Já há mais de uma década, os compactos com perfil aventureiro têm atraído compradores no mercado brasileiro. A não ser pela Ford, que tinha o EcoSport, as demais montadoras preferiram inicialmente recorrer a versões “marombadas” de modelos já existentes, com os chamados off-road-light.

Hoje, praticamente todas as marcas têm SUVs compactos em suas gamas – as exceções, por enquanto, são a Fiat e a Toyota. Mas, ironicamente, muitos desses novos SUVs são bem menos aventureiros que aqueles modelos adaptados do começo da história.

Um bom exemplo de off-road-light robusto é o Renault Stepway. Tanto que ele consegue se manter em linha, mesmo disputando espaço nas concessionárias Renault com dois SUVs compactos, o Duster e o Captur.

Foto: Eduardo Rocha / CARTA Z NOTÍCIAS
Stepway Iconic acompanhou alterações implementadas na linha Sandero

Na reestilização pela qual passou, em meados de 2019, o Stepway ganhou uma aparência ainda mais aventureira, com o aumento da altura para o solo em 5 mm, para chegar em 18,5 cm.

Este aumento de altura, na verdade, não foi para aumentar a capacidade de travessia de áreas alagadas ou para superar obstáculos. No caso específico, foi por conta da instalação do CVT, que ocupa mais espaço que a caixa manual.

O Stepway é tratado como um modelo à parte dentro da gama Sandero. Além da roupagem específica, como moldura nas caixas de roda, para-choques com proteção e rack no teto, a versão aventureira traz sempre um conteúdo mais completo. E a configuração Iconic é a que fica no topo da gama. Ela traz itens exclusivos como rodas diamantadas, bancos de couro e sensores de luminosidade e chuva.

Externamente, o Stepway acompanhou as alterações implementadas na linha Sandero. Caso da grade com um friso que contorna a parte inferior e outro que atravessa a logomarca da montadora e parece invadir os conjuntos óticos.

Uma diferença é que no Stepway, o nicho do farol de neblina é quadrangular e recebe uma moldura prateado – no Sandero, a moldura é redonda. A assinatura luminosa com luzes diurnas de led, no formato de “C” no contorno dos faróis. Atrás, as lanternas são em led e se prolongam na tampa traseira.

O motor da linha Stepway é sempre o mesmo SCe 1.6 litro de 16 V, capaz de entregar 115-118 cv de potência e 16 kgfm de torque máximo, com gasolina/etanol. Quando equipado com o câmbio CVT, o Sandero traz de série controle eletrônico de estabilidade e tração, que facilitam a condução.

No interior, a central multimídia do automóvel segue com uma tela sensível ao toque de sete polegadas, compatível com Apple CarPlay e também Android Auto.

Ficha técnica

MOTOR: A gasolina e etanol, 1.597 cm³, com quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro e comando simples no cabeçote
TRANSMISSÃO: Câmbio CVT com seis marchas simuladas
POTÊNCIA MÁXIMA: 115 cv com gasolina e 118 cv com etanol a 5.500 rpm
TORQUE MÁXIMO: 16 kgfm com gasolina ou etanol a 4 mil rpm
VELOCIDADE MÁXIMA: 177 km/h
PNEUS: 205/55 R16
FREIOS: Discos sólidos na frente e a tambor na traseira, com ABS de série
PESO: 1.151 kg, em ordem de marcha
PORTA-MALAS: 320 litros
TANQUE DE COMBUSTÍVEL: 50 litros
PRODUÇÃO: São José dos Pinhais (PR)
PREÇO: R$ 74.390

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora