Nissan capricha no desenho do Altima

Sedã chega a sexta geração e estreia motor de compressão variável; por dentro, veículo ficou mais moderno e sofisticado


Enquanto o mercado atual em todo o mundo está cheio de SUVs, algumas marcas ainda investem na produção de sedãs. No caso do mercado norte-americano, há ainda uma razoável demanda por modelos, considerados médios-grandes no mercado brasileiro.

Casos de Honda Accord, Volkswagen Passat, Toyota Camry, Ford Fusion, Kia Optima, Hyundai Elantra, Chevrolet Malibu. Para esta briga, a Nissan aposta no sedã Altima, que ganhou uma nova geração capaz de impressionar na apresentação oficial no México, realizada no Autódromo de Guadalajara.

Foto: Divulgação
Estilo é marcado pela grossa barra cromada na grade em formato de “V”

O design deste Altima de sexta geração mostra a evolução do conceito Vmotion, aplicado a todos os carros da marca desde o início da década. Este estilo é marcado pela grossa barra cromada na grade em formato de um “V” estilizado.

Agora, em vez de se limitar à própria grade, a barra invade o para-choque e dá um ar bem agressivo ao modelo. O design geral é sofisticado com vincos bem marcados no capô e nas laterais. Na coluna traseira é dividida por um detalhe em preto brilhante que insinua um “teto flutuante”. Os conjuntos óticos dianteiros e traseiros bem angulados dão um toque arrojado ao sedã.

Por dentro, o Altima ficou mais moderno e sofisticado. Os acabamentos ficam bem ao gosto do mercado estadunidense. Há apliques em imitação de madeira ou fibra de carbono, dependendo da versão, combinados com outros em alumínio ao longo do console central.

Volante, a alavanca de câmbio e os bancos são revestidos em couro. O interior oferece muito espaço para cinco ocupantes. Entre os itens de conforto, destacam-se o ar-condicionado de duas zonas, o freio de estacionamento elétrico e o sistema de áudio Bose. No que diz respeito ao sistema de multimídia, ele oferece câmera de 360°, tela sensível ao toque de oito polegadas, conectividade para Android Auto e Apple CarPlay e rádio de alta definição com Bluetooth.

Mecanicamente, o novo Nissan Altima também se mostra bem evoluído para o mercado automotivo. Há três versões de acabamento, duas delas com um motor de injeção direta de quatro cilindros de 2.5 l.
O modelo foi lançado no México e caso a Nissan decidisse voltar a trazer o modelo para o Brasil, os valores ficariam em torno de R$ 180 mil.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora