Como abusar das principais tendências para o Inverno 2015

Consultora de moda Ana Vaz ensina como usar algumas das peças-chave que tomarão as ruas na próxima temporada


Quimono, modelagem militar, gola rolê e tons terrosos são algumas das apostas para a estação mais fria do ano
A contagem regressiva para o inverno já começou. Glamour, sofisticação e elegância são as chamadas para a estação mais fria do ano que chega com opções para os mais diferentes estilos. As baixas temperaturas vêm marcadas por peças que remetem às décadas de 70 e 80 e também às escolas militares. Sem deixar de destacar a gola rolê, os tons terrosos e a moda oriental. Mas, como colocar as várias opções em prática? Ana Vaz – consultora de imagem – reuniu dicas práticas para um guarda-roupa versátil e pra lá de democrático.

“Antes de mais nada, é fundamental reconhecer, respeitar e valorizar seu gosto pessoal e tipo físico. Depois disso, com certeza se sentirá ainda mais confiante”, explica.

01. Moda retrô
Os looks com silhueta longilínea, cintura alta e barriga de fora chegam ainda mais fortes para o inverno 2015. Mas como usar o famoso top cropped na estação mais fria do ano? “De início, é essencial lembrar que, na maioria das vezes, o inverno brasileiro não traz temperaturas extremamente baixas, o que nos permite optar por esse tipo de peça”, destaca a consultora. “Na próxima estação, o cropped chega de maneira mais discreta e deixa apenas uma pequena faixa da barriga à mostra. A sugestão é abusar da combinação com saias longas ou peças com cintura alta, principalmente, para as mulheres que desejam alongar a silhueta”. Para finalizar o look, a sugestão é abusar de coletes. “A dica irá promover o toque com a cara da estação”.

02. Tendência militar
O militar vem com tudo para o guarda-roupa feminino. Por isso, a dica é resgatar a calça cargo do armário, apostar nos ombros estruturados e coletes e, nos pés, combinar as amarrações, cadarços e botas gladiadoras. Mas, se ainda tem dúvidas e sente insegurança para usar a tendência, Ana Vaz indica: “comece combinando com peças de outros estilos, por exemplo os mais femininos e delicados. Essa moda vai muito bem com estampas florais, renda, couro e, até mesmo, brilhos”.

03. Gola rolê
Presente em blusas, vestidos e em composições pra lá de elegantes, a gola alta vai ganhar destaque e promover muita sofisticação ao guarda-roupa. Para valorizar ainda mais a sugestão, a consultora de moda destaca: “mulheres com pescoço longo e fino devem abusar da tendência, mas se for o contrário, é preferível optar por peças que mostram mais o colo”. Mas, e os colares? O acessório cai bem com a gola rolê? De acordo com Ana Vaz, a ideia pode fazer parte sim. Porém, é essencial abusar de combinações que ‘conversem’ entre si, ou seja, se equilibrem e não ‘briguem’ para aparecer. Outro ponto positivo na gola alta é que valoriza as mulheres com pouco busto.

04. Tons terrosos
A mistura entre vermelho e marrom promove elegância e personalidade às produções. Das roupas ao make up, passando pelos acessórios, essa é a pedida. Os tons terrosos estão, inclusive, presentes em diversos looks de celebridades em eventos ao redor do mundo. “A tonalidade calorosa traduz moda, beleza e design, em uma escolha que pode ser adotada durante qualquer hora do dia. E os tons terrosos valorizam especialmente as ruivas e as mulheres de cabelos e pele dourada; para quem tem cabelos acinzentados ou castanhos bem escuros, a dica é abusar dos tons em peças mais distantes do rosto”, ressalta Ana Vaz.
“Além disso, as combinações monocromáticas estão ganhando cada vez mais espaço nos tons terrosos e promovendo ainda mais elegância e sofisticação”, completa a consultora.

05. Moda oriental
Referência a partir da década de 70, a moda oriental ganha, a cada estação, mais espaço no país. Mas, o grande destaque fica por conta dos quimonos: a peça que chegou aos poucos e que, agora, não sai mais do guarda-roupa. “Mas, a grande aposta para o inverno é a peça com comprimento mais longo”, comenta Ana Vaz. Além disso, a sugestão cai bem tanto para o dia quanto para a noite. “Experimente combinar com roupas mais sequinhas, sem muito volume. A sugestão vai fazer com que a adaptação ao modelo seja ainda mais rápida”.

Fonte: Ana Vaz / Consultora de Moda

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora