Verde está em alta na decoração

Tons verdes e terrosos remetem à natureza e são tendência no design de interiores, trazendo o frescor e tranquilidade da floresta para dentro de casa


Está difícil encontrar um tempo para fazer aquele passeio no meio do mato ou mesmo sair no quintal para relaxar e contemplar a natureza? À medida que aumenta o corre-corre do dia a dia, cresce a busca pela conexão com a natureza e toda tranquilidade e calmaria que ela é capaz de trazer. Se o tempo (e o espaço) está pequeno, que tal criar uma floresta particular dentro de casa?

Com alguns vasos e muita criatividade é possível criar um espaço novo, de paz e com custo baixo. Uma floresta é composta por uma diversidade infinita de plantas e vegetação. Em casa deve ser o mesmo: misture samambaia, costela-de-adão, trepadeiras, suculentas, cacto, espada-de-são-jorge. Quando combinadas, criam um efeito interessante com suas tonalidades, tamanhos e texturas diferentes. Em alguns casos, são o destaque do espaço, em outras aparecem em harmonia com móveis e objetos.

Para a decoração invista no verde em estofados, paredes e no must have da estação: estampas de folhagens. Tons terrosos se destacam nas madeiras e itens de decoração. Cores, estampas e texturas que remetem à natureza ajudam a criar o clima de floresta urbana sem precisar encher a casa de plantas. Veja dicas:

1) A estampa da cortina e a almofada ficam em destaque nessa sala de tons neutros e criam a ilusão de um ambiente repleto de vegetação.

2) Abuse das texturas e materiais naturais. Uma composição simples e que dá supercerto: móveis de vime e cestas de palha rodeados por plantas de formas e cores variadas.

3) Vá além e use a criatividade para criar um espaço de personalidade, para além dos vasos. Um galho serve de base para pendentes feitos com latinhas.

4) Quando a ideia é encher de verde o décor e não existe espaço para um jardim, uma das soluções mais utilizadas é a criação de jardins verticais como este jardim sensacional que sobe por todo o pé direto alto da casa. O projeto é da GF.

5) Se não há grandes espaços para criar um jardim vertical, aposte em caixas de madeira e cestas. Note como as caixas na estrutura vertical, cheias de plantas fartas de tonalidades e formatos diferentes, deram um toque especial ao ambiente. Aquele tipo de solução prática, simples e de bom gosto!

6) Pendentes, cachepots e macramés que são pendurados no teto, ocupam menos espaço e ficam lindos. Ambiente pequeno não é mais desculpa para não ter uma floresta em casa.

7) Se não quiser espalhar as plantas pela casa inteira, você pode escolher o seu cantinho do verde e caprichar na composição com os móveis, objetos e plantas de todos os tipos e tamanhos. Vale tudo: escritório, banheiro, sala de jantar, cozinha, quarto etc.

Consultoria: Casa de Valentina_Todeschini

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora