13 de agosto de 2022 Atualizado 22:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Casa

Sala de jantar deve estar integrada com a casa

Foi-se o tempo em que o ambiente que abriga nossas refeições era fechado entre quatro paredes; independente do espaço, a regra é a integração

Por Isabella Holouka

22 de março de 2022, às 09h24 • Última atualização em 22 de março de 2022, às 09h25

Esqueça a velha concepção de sala de jantar, fechada por paredes e separada do conjunto da casa, com acesso exclusivo por uma porta. A primeira regra para os projetos contemporâneos atuais é a integração entre os espaços e o uso de poucas paredes, o que se aplica especialmente às salas de jantar.

Neste apartamento no Condomínio Pallazo Uno, em Americana, a sala de jantar foi deslocada para a varanda e integrada à área gourmet. Ela também se abre para o ambiente de estar. Projeto dos arquitetos André Zazeri e Michael Felipe, da AZ Arquitetura – Foto: Favaro Jr

“Livings e salas de jantar convivem harmoniosamente no mesmo espaço, demarcado apenas por móveis, aparadores e buffets. Aconchego e requinte não podem faltar”, destaca o arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris, cujos projetos buscam possibilitar amplitude às áreas sociais e convívio entre as pessoas da casa e seus convidados.

A orientação não é exclusiva para apartamentos e ambientes pequenos. Pelo contrário, a integração pode e deve ser usada em projetos de qualquer tamanho. O recurso do pé direito duplo também confere imponência à sala de jantar, especialmente em casos de residências térreas, e costuma ser empregado por Kílaris.

Nos apartamentos, a recomendação é o uso de mobiliário mais compacto. Uma boa opção é criar um aparador de encaixe com sofás, que permitem a visibilidade entre living e sala de jantar. Em espaços maiores, os móveis podem ser mais robustos e numerosos, dando preferência aos acabamentos nobres.

O ponto alto é o lustre, capaz de acrescentar todo o estilo e requinte ao ambiente. Existem muitas opções, cujos materiais podem variar de tecidos nobres até delicados cristais, passando pela madeira e pelos materiais metálicos. 

Nesta sala projetada pela designer de interiores Guacira Lotufo Bonafé e a também designer de interiores e arquiteta Gabrielle Antunes Bonganha, para a Campinas Decor 2021, a mesa com tampo de pedra natural e o pendente de cristal egípcio se destacam – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Os lustres de cristal são os mais vendidos para salas de jantar, seguidos pelos modelos minimalistas com linhas retas e iluminação em LED, de acordo com o gerente da Comercial Luzitano, Edson Calandrelli. Ele alerta para a proporção harmônica que deve ser estabelecida entre o pendente e a mesa.

“Em mesas maiores, você pode instalar dois, ou optar por um modelo central e maior, com mais ou menos metade do diâmetro da mesa”, sugere.

A decoração com quadros ajuda a personalizar a sala de jantar e torná-la ainda mais convidativa.

“Ao optar por uma decoração moderna, quadros e molduras clean são a melhor opção. Gravuras minimalistas e molduras finas em madeira ou alumínio com cores neutras darão muita personalidade ao ambiente. Para uma decoração mais clássica, o ideal é combinar quadros de natureza morta e paisagens com molduras mais trabalhadas”, orienta Fabrizio Racaneli, sócio-administrador da Grafike Impressões.

Os quadros podem ser colocados na parede ou apoiados em suportes ou aparadores. A disposição deve ser organizada de acordo com o espaço disponível. Geralmente coloca-se uma peça grande na horizontal ou dois ou três quadros verticais ou quadrados. Para ter certeza de que a composição ficará ao seu gosto, teste-a antes de pendurar na parede, colocando o conjunto de quadros no chão ou sobre uma mesa.

Mesas

Segundo a designer de interiores Iara Kílaris, a escolha da mesa de jantar e das cadeiras vai depender das dimensões do espaço e do estilo do cliente. Não há uma regra, mas o conjunto com as cadeiras afastadas não pode impedir a passagem das pessoas pelo espaço. É fundamental ainda que a sala tenha cadeiras confortáveis e uma mesa que comporte o número de pessoas que utilizam a sala de jantar.

Quando o espaço é reduzido, uma opção para garantir o conforto e preservar a circulação, é a instalação de um canto alemão. Nessa composição mobiliária, a mesa de refeições não fica no centro do ambiente e sim no canto de uma das paredes.

Quanto aos móveis de apoio, buffets e aparadores com bandejas de copos e taças coloridas ajudam no serviço de bebidas para atender os convidados, além de garantirem um toque de sofisticação na decoração do ambiente. Os espelhos são ótimos aliados, de acordo com a profissional, pois além de ampliar o espaço, eles representam a fortuna e prosperidade do Feng Shui. 

Publicidade