Pendentes: sofisticação e beleza aos ambientes

Parte importante da iluminação, esse tipo de luminária pode ser colocada sobre mesas e bancadas dando um toque todo especial para o ambiente


A iluminação certa de cada ambiente pode ajudar a transformar o local e deixá-lo bem mais confortável e bonito. Para áreas como cozinhas e livings, uma boa opção são os pendentes, objetos que além de ajudar na iluminação ainda dão um charme a mais na decoração. No entanto, antes de escolher e instalar um pendente, é importante se atentar a alguns detalhes como o tamanho e layout do espaço, o mobiliário e as cores do ambiente.

“Os pendentes podem ser usados em cozinhas integradas, sobre a bancada que separa os ambientes, em bancadas de refeições, em cima de mesas ou para valorizar a decoração ou o revestimento escolhido”, aponta a arquiteta Daniela Caricilli. A especialista reforça, no entanto, que o pendente deve ser proporcional ao tamanho da cozinha e também ao tamanho da bancada sobre a qual será instalada.

Além disso, ainda segundo a especialista, é importante analisar o layout do espaço, o mobiliário, a altura do pé direito, as cores e os revestimentos antes de definir o pendente ideal. “Por exemplo, em uma cozinha em cores neutras e ‘clean’, pode-se colocar um pendente colorido e com um design mais inovador, tornando-o um ponto de atenção dessa decoração”, indica. Os pendentes também devem harmonizar com a decoração dos demais ambientes.

A luz certa na cozinha

De acordo com a arquiteta Daniela Caricilli, o ideal em uma cozinha é valorizar ao máximo a iluminação natural. “Uma cozinha deve sempre ser bem clara e iluminada”, aponta.

Mesmo assim, é necessário se pensar na distribuição da iluminação artificial e escolher um projeto que leve em conta o layout do espaço, o mobiliário utilizado, a altura do pé direito, as cores e os revestimentos escolhidos. De um modo geral, a especialista explica que o projeto deve contar com uma iluminação geral, que use spots, pontos de luz e pendentes para auxiliar e destacar pontos de interesse.

“A luz escolhida geralmente é a branca fria, que traz mais atenção a área de trabalho e realça as cores dos alimentos”. Caso a cozinha seja integrada à sala, o recomendado é utilizar a mesma cor em todo o ambiente. “Nesse caso, a luz amarela é a ideal por trazer mais conforto”.

Tendências e novidades

Além de ajudar na iluminação do ambiente, os pendentes também são peças que ajudam a decorar a cozinha. Por isso, até mesmo o projeto luminotécnico não fica de fora de tendências na decoração. Em alta, estão os estilos industrial e minimalista, com toques retrô, art déco e boho.

“Um exemplo são os conjuntos de lâmpadas com filamento a mostra, enquanto os com bulbos em vidro transparentes e aramados seguem esse estilo mais industrial e minimalista”, diz a arquiteta Daniela Caricilli.

Para quem prefere uma decoração mais sustentável e com uso consciente dos materiais, uma forte tendência são os acabamentos em fibra natural. Além disso, as luminárias com formas orgânicas e fluidas funcionam como verdadeiras obras de arte na decoração.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora