O que tem de novo na cozinha – O Liberal

O que tem de novo na cozinha

Independentemente do tamanho do espaço reservado para a área gourmet, saiba que você pode transformá-lo em um ambiente moderno, intuitivo e com estilo


Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Loft Oboé, por Josiane Carvalho e Simone Rossi

A gastronomia nunca esteve tão na moda. Na televisão, diversos programas e reality shows são campeões de audiência, enquanto nos supermercados, os produtos gourmet ganham importância e destaque. Para acompanhar essa tendência, os projetos das cozinhas estão cada vez mais modernos e práticos, atendendo a essa busca das pessoas por uma alimentação diferenciada. Afinal, não basta uma comida atraente: a cozinha também tem de ser.

“Podemos considerar que a cozinha seja o coração da casa nos dias de hoje”, aponta o arquiteto André Zazeri, de Americana. “Por isso, vale a pena pensarmos em cada detalhe ao projetarmos a cozinha dos sonhos, desde a iluminação adequada tanto para um jantar mais intimista, por exemplo, quanto para o cotidiano, com uma luminosidade bacana e mais natural, quando possível”, reforça o especialista.

Para dar ao ambiente essa pegada mais moderna e arrojada, a sugestão da arquiteta Flávia Cardozo é a utilização dos tons fendi, ou seja, cores mais neutras resultantes de um misto de cinza e bege.

“Atualmente, temos muitas opções na hora de revestir e deixar o espaço mais funcional. Podemos utilizar revestimentos naturais, como pedras de quartzo, tanto nas paredes quanto nas bancadas, e mesclar com as pedras sintéticas, feitas para aguentar altas temperaturas”, resume.

Truques para ‘aumentar’ cozinhas pequenas

A gente sabe que muitos projetos residenciais, principalmente apartamentos, não reservam muito espaço para a cozinha. No entanto, algumas dicas podem ajudar a camuflar esse problema e dar a impressão que o ambiente é maior do que é na realidade. Cores claras são essenciais nesse aspecto, mas você pode fugir do tradicional branco e apostar em tons mais pastel. Além disso, a utilização da luz natural, sempre que possível, é um outro elemento que ajuda a criar essa sensação de ambiente expandido. Outra saída, segundo a arquiteta Flávia Cardozo, é integrar o ambiente. “Você pode quebrar a parede e fazer uma cozinha americana. Com uma boa coifa ou exaustor, você evita que a sua casa fique com cheiro de comida e gordura”.

Foto: Nenad Radovanovic / Divulgação
Nesta cozinha da Traço Final Arquitetura, a decoração assume uma linguagem contemporânea, através da mescla de estilos, onde foram selecionadas peças de traços retos e linhas orgânicas
Foto: Ideia Glass / Divulgação
A cozinha da arquiteta Camila Fleck possui um estilo industrial, tendência que vem crescendo nos projetos arquitetônicos, e conta com elementos em cimento queimado e eletrodomésticos em inox
Foto: Ana Johns Arquitetura / Divulgação
Assinado pela arquiteta Ana Johns, o
espaço equilibra personalidade e aconchego com o uso de revestimentos neutros e móveis com linhas retas e design bem moderno, com uma cor forte e vibrante
Foto: Meber Metais / Marcelo Donadussi
O desafio neste ambiente, assinado por Mariana Andrade, foi transformar um apartamento clássico em um espaço despojado. Para isso, a especialista utilizou porcelanato com detalhes florais neutros e réguas nesse mesmo material

Cozinhas médias podem ganhar novos elementos

Quem tem uma casa maior e dispõe de mais espaço para equipar a cozinha, pode apostar em elementos diferenciados para tornar o ambiente uma verdadeira área gourmet. Numa ilha no centro da cozinha, por exemplo, você pode criar uma estação completa com chapa, grelha, fritadeira, fogão a gás e elétrico, entre outros equipamentos. Coifas podem ser inseridas no projeto para fazer a exaustão e, também, deixar o espaço mais bonito esteticamente. “Uma coisa muito importante é dividir a cozinha por funções: tudo que é quente, como o forno e o micro-ondas, fica de um lado, enquanto tudo que é refrigerado, como a geladeira e a máquina de gelo, fica de outro lado. Tudo isso para não atrapalhar e reduzir a capacidade de cada equipamento”, diz a arquiteta Flávia Cardozo.

Foto: Rafael Gap / Divulgação
Para dar um aspecto de maior amplitude nos espaços, você pode apostar em cores mais claras. No entanto, não precisa ser apenas o branco: tons pastel também são opções.
O espaço é da profissional Patricia Hagobian
Foto: Denílson Machado / CasaCorSP
A proposta de Melina Romano neste ambiente é evocar a memória afetiva. Por isso, o piso recebeu uma cerâmica terracota sem rejunte, ao passo que as paredes trazem o charme rústico do tijolo aparente
Foto: André Nazareth / CasaCorRio
No espaço de Jean de Just, a ilha ao centro organiza a circulação e é o elemento em destaque em meio à composição de cores quentes, como o mostarda nas paredes, as lâminas de carvalho e o tom terracota presente nos painéis
Foto: Rafael Renzo / Divulgação
Revestimentos com pastilhas coloridas ou com efeito tridimensional, porcelanatos que imitam mármore e piso cimento queimado também são ótimas opções para utilizar nas cozinhas. O projeto é da arquiteta Cláudia Alionis

Ambientes integrados são perfeitos para receber os amigos

Cozinhas maiores permitem ainda mais opções na hora de projetar e decorar. Uma das tendências do mercado são os espaços integrados. Essa é uma ótima opção para quem gosta de bancar o chef e receber os amigos para um jantar feito na hora. “A bancada gourmet acoplada com uma mesa de jantar é o ambiente mais utilizado hoje em dia nas casas”, explica a arquiteta Flávia Cardozo. Exaustores são essenciais para evitar que o cheiro se alastre pela casa. Uma boa dica é combinar a decoração da cozinha com a decoração da sala, para que ambos os ambientes fiquem realmente integrados, acolhedores e convidativos. “Usar o mesmo piso, criando uma continuidade entre os dois ambientes, também é uma boa dica”, completa a especialista.

Foto: Divulgação
O arquiteto André Zazeri combina neste ambiente a cozinha com um projeto luminotécnico efetivo, com lâmpadas, pendentes ou outros elementos de iluminação com acionamento individual para criar “cenas” individuais, favorecendo a decoração e layout
Foto: Bruna Guerra / CasaCorSP
A cozinha de Duda Porto integra a ideia de uma casa sem barreiras, perfeita para o convívio e para receber amigos e familiares. Os pisos são revestidos com carvalho e o forro é de madeira, um revestimento único que une todos os espaços e reafirma a ideia de integração e amplitude
Foto: Mostra + Sustentável / Leandro Farchi
Neste ambiente do arquiteto Erlon Tessari, o objetivo é criar uma cozinha que possa ser aproveitada por toda a família, com uma ilha central com fogão e pia, que deixa quem está cozinhando de frente e integrado com os outros pontos do ambiente
Foto: Meber Metais / Lucas Saporiti
O projeto assinado pelas arquitetas Tatiane Fernandes e Patrícia Barros é pontuado por tons neutros, enquanto o layout garante sensação de amplitude do espaço. Com parede, persianas e esquadrias brancas, os tons de preto e cinza foram aplicados nos móveis
LIBERAL VIRTUAL Acesse agora