20 de abril de 2021 Atualizado 22:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Casa

Horta em apartamento

Cresce procura por cultivo em pequenos espaços

Por Dino Divulgador de Notícias

28 fev 2021 às 10:15

Uma quantidade cada vez maior de pessoas está buscando por conhecimentos práticos relacionados à criação de um local para cultivo de plantas - Foto: Foto de cottonbro no Pexels

A necessidade de utilizar os mais variados meios para conseguir uma melhor qualidade de vida tem sido, sem dúvida, procurada por uma quantidade cada vez maior de pessoas. E, neste contexto, a horta em apartamento se mostra nos dias atuais como uma das melhores possibilidades.

Com a pandemia do coronavírus, que causou mudanças importantes no convívio social a partir do ano de 2020, o interesse relacionado à aquisição e consumo de alimentos orgânicos e naturais se tornou realmente uma situação rotineira.

E qual a razão pela qual este tipo de alimentação específica se tornou mais buscada e, ainda, com maior valor na sociedade moderna? Os motivos são os mais variados como redução do poder aquisitivo da população, problemas econômicos em geral, aumento do valor da alimentação de forma global e, ainda, a necessidade de fazer maior quantidade de refeições em casa para evitar aglomerações.

De maneira básica, a relação das pessoas com os alimentos passou a ter uma relevância maior quando proporcionam mais saúde com a inclusão de opções que podem aumentar a imunidade e proteção do corpo contra agentes causadores de doenças como, por exemplo, o coronavírus.

E neste tipo de mudança, uma das formas que tem ganhado destaque com crescimento importante consiste na horta em apartamento, a partir da qual é possível cultivar alimentos saudáveis em pequenos espaços presentes nas residências das pessoas e famílias em geral.

Ao considerar a possibilidade relacionada com a horta em apartamento, um de seus principais aspectos de uso consiste na modificação dos hábitos de alimentação, como foi mencionado anteriormente.

As causas para esta situação são as mais variadas estando, na maioria das vezes, vinculadas com a compreensão de que uma nova forma de se alimentar trará mais benefícios para a sobrevivência com qualidade de vida. Aliado a isso, o uso dos espaços que possuem em casa facilita esta obtenção com maior economia.

Qualidade de vida
De maneira geral, os principais pontos que levam a esta situação são os seguintes: maior preocupação com as embalagens em respeito ao meio ambiente – interesse em evitar o uso de caixas e itens para conservação por maior tempo pela possibilidade de agredirem a natureza; novas prioridades com relação ao consumo e estilo de vida – ocasionados pela pandemia, mas também pela busca de alimentos naturais que, assim, causem menores chances de adoecimento por conservantes variados e adaptação maior das pessoas a sistemas de alimentação como o vegetarianismo ou veganismo.

Com relação a esta última situação, é preciso mencionar que, segundo o IBGE, em março de 2020 a população vegetariana já era de 29 milhões de pessoas tendo, nos últimos anos, um crescimento dobrado daqueles que optam por não ingerir alimentos de origem animal ou processados.

Desta forma, uma alimentação à base de plantas com formulações naturais se apresenta como uma tendência que veio para se tornar permanente com a adoção para que esta prática ocorra de forma mais tranquila quanto ao uso de técnicas relacionadas com horta em apartamento que vem apresentando crescimento intenso na atualidade.

Publicidade