25 de novembro de 2020 Atualizado 23:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Casa

Azulejos artísticos usados como peças decorativas

Saiba como harmonizar e ambientar esses produtos assinado pela artista Calu Fontes nos projetos

Por Redação

23 ago 2020 às 08:45 • Última atualização 23 ago 2020 às 08:46

Os azulejos sempre estiveram ligados à arte, seja na paginação das históricas construções ou servindo como tela para artistas plásticos e artesãos pincelarem tanta criatividade. E agora eles também saem dos ambientes molhados e passam a integrar os mais variados projetos, trazendo muito mais do que sua herança artística e a memória afetiva presente nos revestimentos. A Decortiles apresenta lançamentos que homenageiam a brasilidade e esbanjam contemporaneidade.

As peças ganharam cores e muita originalidade com as novas interpretações e design presente em cada padrão. Muitos ainda se perguntam como ambientar e harmonizar os azulejos artísticos. Segundo o arquiteto Renato Mendonça, os revestimentos precisam ornar com outros materiais presentes em um projeto. “Eles podem ser combinados com chapas metálicas e com a madeira utilizada nos ambientes”, diz.

O profissional também faz um alerta. “Apesar de caberem em quaisquer ambientes, é necessário que haja uma harmonia com os demais revestimentos utilizados no projeto, evitando, assim, um excesso de informação, que tira todo o brilho dos azulejos artísticos”, completa.

Os produtos permitem paginações exclusivas, já que têm diversas faces e desenhos distintos que podem ser aplicados em áreas internas e externas e, inclusive, combinados entre si. São usados também em composições criativas: como tampos de mesa, frente de bancadas gourmet e até emoldurados como elemento decorativo.

Confira uma seleção de azulejos artísticos para se inspirar:

Patch Litoral
O litoral brasileiro é o cenário escolhido para a criação do azulejo Patch Litoral. Folhas e flores tropicais ganham uma releitura com traços delicados, como se as estampas fossem sobrepostas. Modernizados pelo preto e branco, que conferem um ar urbano e sofisticado aos grafismos, o patchwork ganha uma linguagem simplificada, com menos variações de estampas, criando maior unidade visual nos ambientes.

Patch Litoral – Foto: Divulgação

Patch Shou – Calu Fontes
Equilibrar tradição e modernidade é uma premissa da cultura japonesa. Do design à arquitetura, da moda à gastronomia, passado e presente convivem em harmonia e ajudam a explicar uma evolução estética ao mesmo tempo consistente e inovadora. Uma das técnicas desse movimento, o shou sugi ban é usada para proteger a madeira da umidade e insetos. Sua carbonização, que a deixa escurecida, inspira a coleção Shou, que ganha grafismos japoneses típicos como arabescos e aves.

Patch Shou – Foto: Divulgação

Artesan
Inspirada na obra do artista plástico brasileiro Francisco Brennand, a coleção Artesan explora os efeitos coloridos dos esmaltes e pigmentos cerâmicos, que quando queimados, provocam reações e superfícies surpreendentes. A icônica cerâmica artesanal com efeitos reativos espalhada pela arquitetura brasileira, ganha espaço nas novas coleções 2020 e exalta a vida e obra de um poeta da escultura e da cerâmica nacional.

Artesan – Foto: Divulgação

Patch Pólen – Calu Fontes
As ilustrações botânicas de flores e plantas inspiram a coleção Pólen. Com gravuras da biodiversidade brasileira, o Porcelanato Artístico Pólen traz delicados traços que atualizam o conceito floral, deixando as estampas mais universais e menos femininas. Sobre a base de porcelanato com impressão digital HD, que reproduz as texturas dos papéis já envelhecidos pelo tempo, decorações artísticas especiais trazem diversas espécies da flora brasileira para as paredes.

Patch Pólen – Foto: Divulgação

Patch Inseto
Besouros, borboletas, abelhas e libélulas dão um toque exótico e divertido para o azulejo Patch Inseto. Sobre o fundo preto, sóbrio e moderno, os efeitos metálicos das asas desses insetos inspiram as aplicações metalizadas com ouro. Um toque sofisticado para uma estética puramente naturalista.

Patch Inseto – Foto: Divulgação

Publicidade