Placas de alumínio no revestimento

ACM vem ganhando espaço também nos projetos residenciais, devido à sua durabilidade e versatilidade


Uma das opções para quem quer revestir imóveis residenciais é o ACM (alumínio composto, do inglês Aluminum Composite Material), um material que tem reconhecida durabilidade, leveza, plasticidade e potencial termoacústico, além de se adaptar facilmente aos mais variados projetos arquitetônicos e ser de fácil manutenção. “É um material bastante utilizado para fachadas em prédios comerciais, mas também é utilizado nas residências como revestimento e até como testeiras e coberturas”, explica Marcos da Silva Cruz, da Planet Color, de Americana. O ACM pode ser encontrado nas mais variadas texturas e cores, por isso, traz modernidade e personalidade a todo tipo de obra. O material, no entanto, não é recomendado como revestimento de piso, devido à abrasividade cotidiana.

Foto: João Carlos Nascimento - O Liberal
Entre as vantagens do material, estão a facilidade de manutenção, a durabilidade, alta resistência e a facilidade de manuseio

O que é o ACM?
As placas de alumínio composto são formadas por dois lados de alumínio sobre um núcleo de polietileno de baixa densidade. São leves e fáceis de manusear e podem ser instaladas através de fixação em estrutura própria, encaixadas, coladas ou moldadas por usinagem, permitindo planos retos e curvos.

Limpeza e manutenção
De acordo com José Carlos Garcia Noronha, do comitê de construção civil da ABAL (Associação Brasileira de Alumínio), os painéis em ACM exigem pouca manutenção, sendo que a principal atenção deve ser com a limpeza com água e sabão neutro, no mínimo, quatro vezes por ano. Além disso, ele deixa a dica: “os painéis em ACM não propagam o fogo, já que é o alumínio que fica diretamente exposto às chamas”.

DICAS DO PROFISSIONAL

Foto: João Carlos Nascimento - O Liberal
As placas de alumínio composto são leves e fáceis de manusear e podem ser usadas como fachadas para imóveis comerciais

Qual a recomendação para quem quer utilizar o ACM?
O cliente precisa entender o que é o material. Seja para fazer uma cobertura ou um revestimento, por exemplo, a gente sempre costuma mostrar o material, explicar o que ele é, que tipo de acabamento ele dá, etc. Sempre pedimos para que a pessoa visite a nossa empresa para conversar e podermos fazer o projeto em cima do que o cliente quer.

Quais as características das placas de alumínio?
O ACM tem uma boa durabilidade, que chega a quatro ou cinco anos. Só depois disso ele pode começar a desbotar. Pode ir em qualquer ambiente, principalmente nos externos. Muitos comércios utilizam esse material no lugar da lona, que pode rasgar e desbotar com muito mais rapidez do que o ACM.

Quais as principais vantagens?
Planicidade, rigidez, leveza, durabilidade, alta resistência ao impacto, pode ser dobrada e curvada, facilidade de instalação e manuseio, atenuação termoacústica, além da grande variedade de cores e da facilidade de limpeza e manutenção.

Onde o material pode ser usado?
O ACM pode ser utilizado para revestimentos externos de fachadas, composição de fachadas, segmentos da comunicação visual, como em fachadas, revestimento de paredes internas e externas, coberturas e marquises, pórticos, colunas, vigas e pilares, entre outras, além de food trucks, estandes e mobiliários.

Fonte: Marcos da Silva Cruz, da Planet Color

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!