Yoga oferece diversos benefícios ao corpo e à mente

Prática de yoga tem ganhado adeptos nos últimos anos no Brasil, amenizando sintomas da ansiedade e estresse


A busca por uma vida mais equilibrada tem feito com que o yoga ganhe novos adeptos. A prática milenar traz benefícios para o corpo e para a mente, e tem se popularizado nos últimos anos.
O yoga tem origem na Índia, dentro dos Vedas – textos sânscritos que embasam a tradição hindu.

Eles deram origem, por exemplo, ao brahmanismo e ao hinduísmo. Os textos datam de 4 mil anos antes da atual era. A prática foi resgatada na era moderna e a partir do século passado houve o desenvolvimento das modalidades atualmente praticadas.

Foto: Adobe Stock
A yoga possibilita coordenação motora, flexibilidade, resistência muscular, força e consciência corporal

Professora de Educação Física e instrutora de yoga, Heloiza Prando explicou que a prática possibilita coordenação motora, flexibilidade, resistência muscular, força e consciência corporal.

Ela também proporciona benefícios mentais, e são eles que talvez ajudem a explicar a popularização do yoga nos últimos anos. Ele ameniza sintomas de ansiedade e estresse, já que estimula a concentração e o foco no momento presente.

“Houve um crescimento de procura, vem acontecendo nos últimos 10 anos, mas atualmente está em bastante ascensão, e há várias razões. A principal delas é por conta do estilo de vida das pessoas, muito produtivo, muito acelerado, e têm crescido os níveis de ansiedade, depressão, estresse. Acho que as pessoas têm começado a olhar com um pouco mais de cuidado para esse aspecto da saúde delas”, avaliou a professora.

O yoga pode ser praticado por qualquer um, mesmo que tenha a mobilidade reduzida ou problemas de saúde. Heloiza explicou que, mesmo que algumas posturas não possam ser realizadas por conta de limitações, ainda assim é possível fazer adaptações e garantir que a prática chegue a todos.

“Você vai sempre de acordo com as suas possibilidades, seu ritmo, é para todo mundo. Existem exercícios para todo, gestantes, idosos, pessoas em cadeiras de rodas, acamados podem fazer exercícios de respiração, é bem democrático”, definiu Heloiza.

MEDITAÇÃO

Além das posturas, o yoga trabalha com exercícios de respiração e meditação. Diferente da ideia popular de uma pessoa meditando em posição de lótus e limpando a mente de pensamentos, essa prática pode ocorrer de maneira ativa. Só o fato de concentrar-se em uma postura e estar presente já é uma forma de meditar.

Heloiza explicou que é possível meditar contemplando uma árvore ou até mesmo dirigindo. “Não é necessariamente aquele estigma de ficar sentado, sem pensar em nada. Existem várias maneiras, e é possível colocar a meditação na rotina de várias formas”, indicou.

“A meditação com certeza é um dos preceitos básicos de quem quer praticar yoga no dia a dia. É o momento que você vai olhar para si e fazer essa reflexão interna”, finalizou a professora.

Diferentes tipos de yoga

  • Hatha: considerada a modalidade mais clássica no ocidente, inclui a realização de posturas, gestos e técnicas de controle respiratório
  • Ashtanga: consiste em seis séries fixas de posturas, combinadas a respirações intensas
  • Vinyasa: tem características do Ashtanga, mas não é fixa e possibilita mudanças sob o comando do professor
  • Acroyoga: mistura práticas do yoga com exercícios de acrobacia; as posturas são realizadas normalmente em dupla
  • Iyengar: considerada a mais “técnica” de todas, associa as posturas ao uso de acessórios, como cintos, blocos de madeira e cordas; a busca é pela precisão
  • Yogaterapia: prática voltada para uma patologia específica do aluno, podendo ser usada como tratamento alternativo associado às técnicas da medicina tradicional.
LIBERAL VIRTUAL Acesse agora