Torradas queimadas trazem problemas

Universidade do Texas revelou que as torradeiras emanam partículas tóxicas para atmosfera quando se encontram ligados


Equipe da Universidade do Texas, em Austin, nos EUA, apurou os perigos de queimar em excesso o pão na torradeira. A investigadora Marina Vance revelou ao jornal britânico The Times que foi apurado que esses eletrodomésticos emanam partículas tóxicas para atmosfera quando se encontram ligados.

Foto: Adobe Stock
Torradeiras podem oferecer riscos à saúde humana

“Quando fazemos uma torrada, o aparelho começa a aquecer os detritos e sujeira presentes na torradeira e que ainda inclui óleos. “Ao acrescentarmos o pão, a torradeira vai emitir para o ar uma variedade perigosa de elementos”, revelou Vance.

“Descobrimos por exemplo o etanol, um produto derivado da levedura”. “Quando resquícios ou migalhas do pão entram em contato com o quente, muitas vezes vemos fumaça saindo da torradeira, repleta de partículas, consideradas tóxicas e nada saudáveis, sendo comparadas até aos níveis comuns de poluição a que estamos expostos nas estradas ou ruas das grandes cidades”.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) a poluição atmosférica não deve conter mais de 25 microgramas de partículas finas. Quando o pão fica castanho escuro, as partículas sobem para perigosos três a quatro mil microgramas por metro cúbico, ou seja 150 vezes mais do que o limite referido pela OMS.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!