Saiba reconhecer os sintomas de fratura na coluna vertebral

Estima-se que uma nova fratura aconteça a cada 22 segundos em âmbito mundial; adultos devem ficar alertas para três importantes sinais


A osteoporose, uma doença que faz com que os ossos se tornem fracos e frágeis, é a causa de fraturas em aproximadamente uma em cada três mulheres e em um em cada cinco homens acima de 50 anos de idade em todo o mundo.

Foto: Fotolia
Uma fratura na coluna vertebral pode marcar o início de uma série de outras fraturas

Fraturas na coluna (ou “vertebrais”) são as fraturas osteoporóticas mais comuns. Estima-se que uma nova fratura aconteça a cada 22 segundos em âmbito mundial. Porém, embora sejam uma das principais causas de dor e de incapacidade a longo prazo, até 70 por cento das fraturas na coluna vertebral não recebem atenção clínica.

Por ocasião do Dia Mundial da Osteoporose, celebrado em 20 de Outubro, a Fundação Internacional de Osteoporose (International Osteoporosis Foundation – IOF) insiste que os adultos fiquem alertas para três sinais de possíveis fraturas na coluna vertebral: dor súbita e severa nas costas; perda de mais de três centímetros de altura (pouco mais que uma polegada); ou costas curvadas.

O presidente da IOF, professor Cyrus Cooper, afirmou: “Os pacientes que sentem dores súbitas nas costas geralmente recebem apenas uma receita médica para analgésicos, não são examinados adequadamente e não têm a causa subjacente tratada. Porém, sem tratamento preventivo, uma fratura na coluna vertebral pode marcar o início de uma série de outras fraturas, o que, por sua vez, resulta em incapacidade e dor a longo prazo”.

Na verdade, uma em cada cinco mulheres com fratura na coluna vertebral terá outra fratura dentro de doze meses e isso afetará gravemente sua qualidade de vida.

Junto com as suas 240 organizações associadas, em todo o mundo, a IOF pede que os profissionais de saúde enfrentem o problema de fraturas na coluna vertebral que não são registradas nem recebem tratamento.

ATENÇÃO

O professor Cooper acrescentou: “Aconselhamos os radiologistas que realizam exames de radiografia a prestarem atenção nas fraturas da coluna vertebral e registrá-las adequadamente como ‘fraturas’. Os médicos também devem fazer sua parte para garantir que, depois de identificadas as fraturas, os pacientes se beneficiem de estratégias de gerenciamento e tratamento apropriados, antes que haja um dano maior e que ocorram fraturas perigosas”.

O Teste de Um Minuto para Verificar o Risco de Osteoporose está disponível para ajudar os adultos a identificarem seus fatores pessoais de risco de ter osteoporose.

FONTE: The International Osteoporosis Foundation (IOF)

FORTALECER OS OSSOS

Três excelentes alimentos para fortalecer os ossos são as folhas de caruru, a ameixa seca e o ovo porque são ricos em cálcio e vitamina D. Além destes, há os clássicos como leite, iogurte ou queijo, e ainda os vegetais folhosos verde-escuro e peixes como o salmão.

1. Caruru
A folhas de caruru são muito ricas em cálcio e, por isso, são um alimento indispensável para manter a estrutura óssea forte, evitando casos de osteoporose e fraturas frequentes. Esta erva aromática, de sabor apimentado, pode ser adicionada em diferentes pratos como saladas, pratos típicos, panquecas, bolos e pães.

2. Ameixa seca
Esta fruta, além de ser muito rica em cálcio possui substâncias químicas que impedem a reabsorção natural do osso, evitando a perda de densidade do osso. Para obter estes benefícios deve-se comer 5 ou 6 frutos, sendo uma opção ideal para a sobremesa ou no café da manhã.

3. Ovo
O ovo é outra peça fundamental para manter os ossos saudáveis, pois contém vitamina D que ajuda o cálcio dos alimentos a ser utilizado e absorvido pelos ossos. Dessa forma, o recomendado é comer ovo, pelo menos, 3 vezes por semana, preferencialmente cozido ou frito em água, para evitar aumentar a quantidade de gordura e colesterol.

Fonte: Tatiana Zanin, nutricionista
www.tuasaude.com

PRINCIPAIS CAUSAS

A osteoporose é uma doença muito relacionada com o envelhecimento, sendo mais comum nas mulheres após os 50 anos devido à menopausa. Outras causas que podem favorecer a osteoporose são:

Disfunção da tireoide
Doenças autoimunes
Deficiência de cálcio
Sedentarismo
Alimentação pobre nutricionalmente
Tabagismo
Alcoolismo
Deficiência de vitamina D

Fonte: www.tuasaude.com

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!