Pés saudáveis antes e depois do carnaval

Especialistas indicam os principais cuidados para curtir a folia sem esquecer da saúde


Falta pouco para o carnaval e a diversão está prestes a tomar conta de todos os cantos do país. Além dos cuidados com a alimentação e o vestuário nesta época do ano, é importante manter a atenção redobrada com os pés, que suportam grande parte do desgaste físico da folia. Para aproveitar a festa com saúde, a precaução deve começar antecipadamente. “Uma boa prática de alongamentos antes de qualquer folia pode ser decisivo na prevenção de lesões: estes estimularão a lubrificação correta das articulações e o funcionamento adequado da musculatura, permitindo que o corpo realize movimentos de danças, com menor risco”, afirma o fisioterapeuta, Wagner de Carvalho.

Outro ponto importante é a escolha do sapato: a falta de um calçado apropriado poderá acarretar em problemas nos joelhos, calos e dores na região dos pés, pernas e coluna. “O salto alto desloca o centro de gravidade para frente e transfere o peso do corpo para o ante pé, o que pode causar o encurtamento da fáscia plantar e causar dores”, afirma Wagner.

O recomendado é utilizar o tênis para proteção contra pisões e objetos cortantes que estejam no chão. “O exemplo de sapato ideal para curtir as festas é o tênis de ginástica: levemente mais alto atrás, com sistema de amortecimento. Outros exemplos que podem ser combinados são as sapatilhas e os mocassins que protegem bem os pés”, afirma o professor Carlos Eduardo de Carvalho.

Quem não abre mão do salto alto precisa alternar os tipos de calçados e permitir um alívio aos pés: o tênis deve ser utilizado na maior parte do tempo e o salto somente em apresentações ou ocasiões especiais. “São recomentados saltos altos de, no máximo, três centímetros, confortáveis e arejados”, alerta Maria Amélia Gonçalves.

Para manter o equilíbrio durante a folia, outra recomendação é optar por sandálias amarradas no tornozelo ou sapatos fechados, que oferecem segurança para os pés. O corpo é um ótimo termômetro para a saúde, então é preciso ficar atento em caso de dores em algum momento do carnaval. Caso o sintoma persista vale desacelerar o ritmo e procurar um profissional habilitado para uma avaliação depois do período de festas.

Para manter os pés saudáveis após um dia de folia, deve-se lavá-los cuidadosamente e investigar a presença de lesões. “Colocá-los em uma bacia com água e gelo por cinco minutos e massageá-los ajuda a reduzir as dores”, recomenda Wagner. “Ao acordar, antes de voltar à folia, procure andar um pouco descalço para a recuperação da musculatura”.

Os “mocinhos” e os “vilões” da folia:

– Mocinhos:
Tênis: além de proteger os pés, o tênis geralmente é confortável e ajuda na absorção de impacto.
Salto Central: o salto que começa do meio do calcanhar facilita o equilíbrio do corpo. O modelo ainda permite que os dedos fiquem confortáveis.
Salto Quadrado: o modelo é o eleito pela maioria das mulheres que querem manter a elegância por um longo período do dia. Esse tipo de sapato deixa o calcanhar apoiado, o que ajuda no equilíbrio do corpo.

– Vilões:
– Plataforma:o salto oferece grande risco de entorse em inversão ou eversão, que na maioria das vezes são acompanhadas de fratura na área do tornozelo.
– Chinelos e rasteiras: como deixam os pés soltos, o risco de traumas e ferimentos é grande.
– Salto Agulha: o vilão dos vilões, pois causa desequilíbrio e tensão muscular.

Fonte: Assessoria de imprensa S2Publicom

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora