Para os dias de frio a dica é se cuidar

Ter uma boa saúde no inverno pode ser simples, a começar por se agasalhar bem, lavar as mãos e evitar lugares fechados e aglomerados, por exemplo


Às 12h59 do dia 21 de junho começou a estação mais fria do ano. Junto dela, insistem em chegar algumas mazelas relacionadas à saúde – gripes, resfriados, rinites, sinusites, amidalite, infecção no ouvido e tantas outras. É que, conforme o ar se resfria, ele também resseca, tornando-se carregado de partículas de poeira, fazendo com que o nosso sistema respiratório fique sobrecarregado.

Entendendo que manter-se bem informado também é uma maneira de manter uma boa saúde, a Ecco Salva traz informações para você se prevenir e tentar não ser pego de surpresa com doenças neste inverno.

Foto: Adobe Stock
Ter uma boa saúde no inverno pode ser bem simples – a começar por se agasalhar bem nos dias mais frios

Ter uma boa saúde no inverno pode ser bem simples – a começar por se agasalhar bem nos dias mais frios, lavar bem as mãos e evitar lugares fechados e aglomerados, por exemplo. E essas e outras dicas devem ser levadas muito à sério por pessoas de todas as idades, especialmente por aquelas com mais de 60 anos e crianças pequenas (por apresentarem um sistema imunológico mais frágil), além dos adolescentes.

Começou a sentir o nariz escorrendo e a garganta arranhar? Cuidado com a automedicação! Sintomas às vezes considerados sem importância podem se agravar, principalmente se tivermos como hábito tomar remédios sem a prescrição de um profissional qualificado. A automedicação pode trazer consequências graves à saúde e o hábito pode aumentar a resistência de determinados micro-organismos e acabar inibindo a eficiência das medicações.

“A automedicação pode mascarar os sinais do verdadeiro problema e prejudicar o tratamento correto”, alerta o médico Juradilson de Santis Júnior, diretor-médico da Ecco Salva, em Curitiba.

GRIPE E RESFRIADO

Santis explica que o resfriado, geralmente, dura de quatro a cinco dias, mas pode se prolongar por até duas semanas. “Ele causa coriza, obstrução das vias respiratórias, febre baixa, espirros e dor de garganta”, diz. Já a gripe é causada pelo vírus influenza e, além dos sintomas do resfriado, causa febre alta e abrupta, dores no corpo e fadiga. “A gripe pode ainda provocar complicações se não for diagnosticada e tratada corretamente”, alerta.

Embora sejam doenças diferentes, gripes e resfriados têm sintomas semelhantes e são bastante comuns no inverno. Para se prevenir, é aconselhável lavar bem as mãos e o nariz, evitar aglomerações e tomar a vacina anual (no caso da gripe).

PROBLEMAS DE PELE

Algumas doenças da pele também se manifestam nesta época do ano, principalmente por conta da falta de hidratação adequada. Portanto, tomar água também é muito importante para a camada de gordura que reveste a pele. “O ressecamento danifica essa barreira protetora, abrindo caminho para inflamações e infecções”, diz Santis. Dermatite seborreica, atópica e psoríase são algumas delas.

FIQUE LIGADO!

Neste inverno, independente da sua idade, para evitar problemas de saúde atente:

Lave sempre as mãos: Este é um habito de higiene essencial em qualquer época do ano, mas, no período de frio ele deve ser mais frequente.

Beba muita água: Nesta época do ano sentimos menos necessidade de consumir água. Pouca hidratação é sinônimo de risco de má circulação sanguínea, problemas respiratórios, infecções e ressecamento da pele. O ideal é fazer a seguinte conta: 1/3 (um terço) do seu peso é o número ideal de litros d’água que deve ser consumido diariamente.

Mantenha a casa limpa: A higiene do ambiente em que vivemos é muito importante para a nossa saúde. Especificamente na época mais fria, é muito válido manter a casa livre de poeira e de ácaros para, assim, evitar problemas alérgicos e respiratórios.

Cobertores e roupas bem lavados: Lave e seque ao sol as roupas de frio guardadas no armário antes de usá-las. O mesmo vale para cobertores e edredons. Assim, os ácaros e fungos ficarão longe de provocar possíveis quadros alérgicos.

Mantenha uma boa circulação de ar: Evitar ambientes fechados é uma das máximas a ser seguida nesta época do ano. Manter as janelas de casa abertas é uma forma de diminuir a proliferação de vírus, ácaros e bactérias.

Evite aglomerações: Nem sempre é fácil evitar locais com muita gente (como no transporte coletivo e os shoppings, por exemplo). Mas, quanto menos você puder frequentar ambientes assim neste período, melhor. Neles, as chances de transmissão de gripes, resfriados e outras doenças relacionadas ao inverno se multiplicam.

Website: http://www.eccosalva.com.br

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora