Os alimentos funcionais no dia-a-dia

Conheça quais são os seus benefícios e quais são as melhores opções para manter uma alimentação balanceada e saudável


Os brasileiros estão mais preocupados com a saúde e em busca de uma alimentação mais saudável. É o que mostram dados levantados pela Kantar Worldpanel e divulgados no início deste ano. De acordo com o estudo, 27% dos lares declararam ter feito mudanças na alimentação, aumentando o consumo de frutas, sucos naturais e diminuindo o consumo de carne vermelha, açúcar e refrigerante, por exemplo.

Alguns dos alimentos que tiveram o consumo aumentado nos últimos anos são os chamados alimentos funcionais, aqueles que, além de terem funções nutricionais básicas, também oferecem diversos benefícios para a saúde e ajudam a manter uma dieta equilibrada e balanceada, como a aveia, a chia, a batata-doce, entre outros.

Confira uma lista dos alimentos funcionais mais consumidos e quais benefícios eles podem trazer para a sua saúde.

Farinha de Coco

Foto: Divulgação
Farinha de coco

Grande aliada das dietas, a gordura da farinha de coco contém triglicérides de cadeia média, que são metabolizados diretamente no fígado, ou seja, não se acumulam no tecido adiposo. É rica em fibras e nutrientes.

Consumo. Boa alternativa à tradicional farinha branca, já que não contém glúten, pode compor receitas de pães, bolos e empanados.

Cranberry

Foto: Divulgação
Cranberry

Originária da América do Norte, ajuda a reduzir o colesterol ruim no sangue, possui uma forte ação antioxidante que contribui para saúde da pele e na prevenção do envelhecimento, além de propriedades que combatem células cancerígenas.

Consumo. Uma colher de sopa ao dia. “É importante não ultrapassar essa quantidade para que não haja dores no estômago devido aos minerais presentes na fruta”, ressalta Thaíse.

Farinha de amêndoa

Foto: Divulgação
Farinha de amendoas

Esse alimento possui baixo índice glicêmico, além de manter todos os benefícios e nutrientes da oleaginosa in natura. Possui antioxidantes, auxilia a saciedade e na perda de peso e é rica em magnésio, cálcio e fósforo, além de excelente fonte de vitamina E. Não contém glúten.

Consumo. Alimento ideal para receitas low carb e pode substituir outras farinhas.

Farinha de Aveia

Foto: Divulgação
Farinha de aveia

De todos os cereais, a farinha de aveia é considerada a mais rica em fibras. Além de melhorar o funcionamento do intestino, colabora com a diminuição do colesterol ruim, atrapalhando a absorção de gorduras pelo corpo. Prolonga a sensação de saciedade, já que suas fibras solúveis são digeridas lentamente.

Consumo. Ideal para compor receitas diversas, muitas vezes em substituição à farinha de trigo, ou ser consumida com frutas e iogurtes.

Goji berry

Foto: Divulgação
Goji berry

Com origem oriental, o goji berry possui funções antioxidante e anti-inflamatório e combate o envelhecimento da pele, equilibra os níveis de colesterol, ajuda no emagrecimento e inibe células cancerígenas. “Além disso, o fruto é fonte de vitamina A e C que contribuem para melhor funcionamento do sistema imunológico”, explica a nutricionista Thaíse Costa.

Consumo. A recomendação é uma colher de sopa de goji berry ao dia em sucos, vitaminas, iogurte e saladas de frutas.

Semente de chia

Foto: Divulgação
Chia

Ômega 3, fibras, proteínas e minerais são apenas alguns dos nutrientes presentes da semente de chia. São ricas em fibras solúveis que, ao entrarem em contato com a água, formam um gel, tornando-as um alimento com alto teor de saciedade, já que sua digestão torna-se mais lenta.

Consumo. Por possuir sabor neutro, a chia pode ser inserida de diversas maneiras na alimentação, como em sucos, sopas, vitaminas, iogurte e saladas de frutas, ou ainda em bolos, pães e biscoitos.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora