Mais saúde com menos calorias em 2018

É fundamental beber pelo menos 2 litros de água diariamente e reduzir o sal na alimentação


Virada de ano é sempre tempo para novas promessas. E alguns temas são corriqueiros entre a grande maioria das pessoas, como alimentação mais saudável e redução de peso. A nutricionista do Spa Estância do Lago comenta que é possível atingir essas metas com alguns hábitos simples para serem incorporados no dia-a-dia.

“Muita coisa nós já sabemos, mas não colocamos em prática na rotina. Então, indico as 10 principais atitudes que podem impactar em grandes transformações”, explica Thais de Brito.

Foto: Freeimages.com
Salada

Não substitua refeições principais por sucos, isso pode parecer comum e viável especialmente nas dietas de verão, mas eles não saciam a fome e não possuem todos os nutrientes necessários ao organismo.
Programe-se para fazer a última refeição até às 20h. Durante o sono, o metabolismo é mais lento e o gasto energético menor. Se não tiver jeito e passou do horário, prefira frutas, iogurte desnatado ou barrinha de cereal light.

Ao escolher sobremesas, opte por frutas, picolé de frutas, gelatinas, frutas em compotas light. Cuidado com natas, chantilly e chocolate.

Se for beber cerveja, prefira sem álcool, que tem 60% menos calorias por garrafa. Evite água tônica, apesar de amarga, ela tem muito açúcar; assim como sucos industrializados e refrigerantes.

Opções light e diet também contêm calorias e não devem ser consumidos em grandes quantidades. Dê preferência aos desnatados, que possuem menos gordura. Evite alimentos fritos, empanados, cremosos e à milanesa. Eles podem ter o dobro ou mais de calorias do que o mesmo alimento cozido ou grelhado.

Cuidado com petiscos

Ao invés do famoso amendoim, das azeitonas e salgadinhos, prefira picles, um queijo branco temperado com o mínimo de azeite e orégano, ou torradas com queijos cremosos light, berinjelas e pimentões.

Evite produtos embutidos como: salames, bacon, defumados, salsicha, pois contém muito sódio em suas composições.

Organize-se para consumir somente uma lata de óleo ao mês para cada quatro pessoas, isso auxiliará no controle.

E, independente de dietas, a nutricionista ressalta que é fundamental beber pelo menos 2 litros de água diariamente, reduzir o sal na alimentação, não pular refeições e sempre mastigar muito bem para melhor digestão. “Essas são práticas imprescindíveis para a nossa saúde”, ressalta Thais.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora