Entenda a importância de restringir o uso do celular por crianças

Adolescentes e crianças estão cada vez mais conectados e dependentes do aparelho


Foto: Tecnologia foto criado por freepik - br.freepik.comTecnologia foto criado por freepik - br.freepik.com' title='Distração por meio do uso da internet para acalmá-los segue aumentando'>
Distração por meio do uso da internet para acalmá-los segue aumentando

Seja em casa ou em um lugar público, manter uma criança quieta não é uma tarefa fácil. Levante a mão quem nunca tentou entreter o filho com o smartphone. Esse vício eletrônico não afeta apenas os adultos. Adolescentes e crianças estão cada vez mais conectados e dependentes do aparelho.

Aliás, não faltam opções atrativas de conteúdos infantis em aplicativos, canais de vídeos, jogos e músicas. A distração por meio do uso da internet para acalmá-los segue aumentando.

Na maioria dos casos, transforma-se em uma salvação. Sala de espera de um consultório médico, uma viagem longa de carro, fazer uma refeição assistindo desenho. Enfim, as situações são diversas.

Entretanto, o uso inadequado do celular deixa muitos pais na corda bamba. Afinal, a internet oferece diversos perigos. Por isso, quem permite o consumo exagerado é julgado o tempo todo.

Saúde

Uma boa saída é estipular horários. Outra medida necessária é ensinar a criança a navegar de forma segura, evitando assim situações como o assédio, por exemplo. Assim como o videogame e a televisão, passar muitas horas com o smartphone pode prejudicar a saúde. Alguns danos levam ao sedentarismo, obesidade e a falta de socialização.

Baixo rendimento escolar também é um dos fatores negativos. Essa telinha distrai a mente, além de interferir na produção da melatonina (hormônio que induz ao sono).

Ficar muito tempo no celular pode retardar o desenvolvimento cognitivo e intelectual. E quando chegar na fase adulta, a dificuldade de se encaixar no mercado de trabalho, por exemplo, ficará evidente.

Exemplo

Uma criança não pode ser trocada pelo celular. E o exemplo tem que vir dos pais ou responsáveis. Afinal, não é possível reclamar que a criança está o tempo todo com o celular na mão se os próprios adultos reproduzem esse tipo de comportamento.

Por outro lado, a geração digital tem grande facilidade em aprender e aproveitar a infinidade de oportunidades oferecidas. Por exemplo: estudar com a ajuda de aplicativos próprios para cada idade e ter contato com outra língua desde cedo.

A internet pode ser uma aliada na hora da distração. O bom senso e uma rotina saudável precisam prevalecer, harmonizando dessa forma o equilíbrio entre a tecnologia e as interações sociais. Outro fato relevante: atividades como brincar, estudar, comer e dormir são tarefas que não devem ser anuladas pelo mau uso do celular.

 

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora