DengueTech, um biolarvicida contra o Aedes aegypti

Efeito dura por 60 dias e impede que as larvas do mosquito se desenvolvam, matando centenas de larvas por vez, em poucas horas


Foto: Divulgação
Agente nas larvas do mosquito da dengue, matando centenas delas em poucas horas

O DengueTech é um tablete que deve ser colocado onde a água pára ou pode se acumular. O seu efeito dura por 60 dias e impede que as larvas do mosquito se desenvolvam, matando centenas de larvas por vez, em poucas horas.

“Desde 2015 somos parceiros da empresa BR3 Biotecnologia e utilizamos o biolarvicida DengueTech no Campus da Capital da Universidade de São Paulo (USP). Os resultados obtidos ao longo dos últimos anos com o seu uso foram excelentes e agregaram maior eficiência e simplicidade ao controle do mosquito Aedes aegypti no Campus”, afirma Daniela Vilela, bióloga da USP.

Rodrigo Perez, fundador da BR3, acompanha a posição da OMS (Organização Mundial da Saúde), que considera imprescindível capacitar a população para que possa identificar e eliminar criadouros. “Nenhuma instância pública ou Estado Nacional manterá um exército de agentes de saúde de prontidão para resolver um problema que está dentro de nossas casas, sejam cidadãos pobres ou ricos, e não tem um modelo preditivo refinado. Se cada indivíduo – e tem de ser mesmo cada um de nós – não fizermos a nossa parte, o Aedes vai continuar a parecer mais inteligente do que nós humanos “

O DengueTech não desequilibra o meio ambiente e não afeta outros insetos importantes para a natureza, nem expõe à população a produtos perigosos. Por isso a tecnologia se encontra registrada na Anvisa na modalidade de venda livre, o que autoriza o seu uso e distribuição gratuita por entes públicos e privados para toda a população.

O uso do BTI para o controle larvário do Aedes é recomendado pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Website: https://www.denguetech.com.br

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!