Corrida traz benefícios para o corpo e para a mente

A corrida é uma atividade física que pode ser praticada por pessoas de todas as idades


Os especialistas são unânimes em apontar a necessidade e a importância da atividade física para a saúde do nosso organismo. Alguns exercícios, no entanto, extrapolam os benefícios para o corpo e ajudam também a manter a mente sã, como a corrida. De acordo com Giulliano Esperança, personal trainer e diretor executivo do Instituto do Bem-Estar em Rio Claro (SP), alguns desses benefícios podem ser sentidos logo ao começar a atividade.

“A corrida melhora o metabolismo e a saúde cardiovascular, ajusta a pressão arterial e faz com que o corpo produza serotonina, substância que tem papel importante no combate e prevenção à depressão e ansiedade”, apontou o especialista.

Foto: Pixabay
Alguns dos benefícios da corrida podem ser sentidos logo ao começar a atividade

A atividade também traz benefícios a médio e longo prazo, fazendo com que o corpo ganhe mais resistência e melhorando o humor e o sono. “Além disso, gera um efeito cascata, já que quem pratica atividades físicas automaticamente passa a ter hábitos mais saudáveis, como uma alimentação mais equilibrada”.

Por isso, segundo Esperança, a saúde do corpo e da mente não podem ser desassociadas. “A corrida traz ganhos que são visíveis na rotina do dia a dia. Mas, mais do que isso, traz benefícios emocionais, como a sensação de poder fazer algo que parecia inalcançável. Ao alcançar o objetivo, o resultado é extremamente positivo”, reforçou.

DESPERTANDO PARA O NOVO

Foi exatamente assim que o educador físico americanense Aldo Batistela de Sirqueira, 32 anos, se sentiu ao “despertar” para a corrida. Apesar de ter uma academia de treinamento funcional, ele nunca havia treinado para provas desse tipo, até que desafiou a participar do Desafio 28 Praias, realizado em Ubatuba, no litoral paulista, uma prova de 21 quilômetros pela costa brasileira.

“Coloquei a participação nessa prova como um objetivo da minha vida”, disse Ele, então, contratou um profissional e se preparou durante quatro meses para participar do evento, que ocorreu em abril. “Foi uma experiência muito transformadora. No meio do caminho, fui tomando gosto pela coisa e não parei mais”.

Da experiência própria surgiu a vontade de repassar o aprendizado e os benefícios da corrida para mais gente. “A corrida traz a superação e o autoconhecimento, e eu queria passar isso adiante”. Aldo teve, então, a ideia de criar um grupo de corrida, mas um grupo diferente: em vez de apenas correr, passou também a realizar ações sociais em prol da comunidade.

Segundo Aldo, o grupo se formou há cerca de três meses e já conta com cerca de 30 pessoas. Não é preciso pagar mensalidade para participar, apenas uma pequena taxa de inscrição. Mas, mais do que isso: a ideia é que os participantes tragam cada vez mais pessoas e sugiram ações sociais para que possa realizar. A primeira delas foi o plantio de árvores em uma área verde no bairro Morada do Sol.

Agora, o grupo já está recolhendo lacres e tampinhas para ajudar entidades assistenciais e pretende participar da Corrida Sem Fronteiras, evento que acontece em Santa Bárbara d’Oeste com apoio do Grupo Liberal e terá verba revertida para a entidade MSF (Médicos Sem Fronteiras). “Criamos o grupo para as pessoas possam primeiro cuidar de si mesmas e, a partir daí, ajudar também os outros”, reforçou Aldo.

Para começar a correr

Antes de colocar o pé na rua, no entanto, é importante seguir algumas orientações. “Acompanhamento profissional é essencial”, apontou Giulliano Esperança, personal trainer. O especialista ressaltou a importância do acompanhamento com um cardiologista para evitar problemas.

“É importante a realização de exames cardiológicos em qualquer idade. Não deixe para criar essa rotina só quando estiver mais velho”. Além disso, o personal trainer ensinou um método para desenvolver o hábito de correr de forma correta em pouco mais de um mês. “Olhe com carinho para essas quatro semanas de exercícios, elas são essenciais para você ter uma experiência positiva com a corrida”, salientou.

1º semana: “Inicie de forma planejada sua atividade”, explicou Esperança”. A sugestão é caminhar de 15 a 30 minutos, quatro dias na semana, para que o corpo comece a se acostumar com a atividade física.

2º semana: Comece o trabalho dos chamados exercícios intervalados: faça um aquecimento, caminhando por cerca de 5 minutos e, em seguida, intercale trotes de corrida de 30 segundos com caminhadas de 30 segundos, para recuperar o corpo. Faça 10 séries seguidas dessa combinação.

3º e 4º semanas: Aumente um pouco a carga de corrida e caminhadas: em vez de 10 séries de 30 segundos de corrida, intercalados com 30 segundos de caminhada, realize 15 séries da mesma combinação.

A partir da 5º semana: Seu corpo já deve estar preparado para um treino mais intenso. Por isso, em vez de 30 segundos de corrida, corra por 45 segundos e, em seguida, retorne para os 30 segundos de caminhada. “É um crescimento progressivo. Essa transição é uma fase importante para o fortalecimento muscular”, apontou Esperança.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora