Como lavar frutas e verduras corretamente

Limpe todos os alimentos com o auxílio de sabão, de água morna e também de uma escovinha


Higienizar as verduras e as frutas é uma etapa indispensável da preparação para o início do cozimento dos alimentos, pois extermina alguns pesticidas e agrotóxicos, além de possibilitar a remoção de bactérias causadoras de doenças como salmonelose e diversos tipos de gastroenterite.

Entretanto, é necessário primeiro higienizar as suas próprias mãos para aí sim começar a lavar os vegetais, pois caso elas não estejam limpas, podem acabar contaminando os alimentos que já foram higienizados mais uma vez. Após lavá-las, é preciso seguir o seguinte passo a passo:

Limpe todos os alimentos com o auxílio de sabão, de água morna e também de uma escovinha, com o objetivo de eliminar totalmente a sujeira externa que é possível enxergar.

Foto: Adobe Stock
Coloque os alimentos de molho durante 15 minutos, especialmente os legumes e as frutas que possuem casca

Coloque os alimentos de molho durante 15 minutos, especialmente os legumes e as frutas que possuem casca, em um pote e despeje uma colher de água sanitária ou de bicarbonato de sódio para cada 1 litro de água. Ao término do tempo de 15 minutos, enxague bem os alimentos em água potável corrente para eliminar os resquícios de água sanitária ou bicarbonato de sódio.

Também há opções de produtos químicos específicos para a higienização de alimentos, mas se você optar por utilizá-los, se atente às instruções disponíveis no rótulo da embalagem e siga-as à risca, especialmente a quantidade de água, para que não haja o acúmulo de substâncias químicas no organismo de quem ingerir a comida.

Por outro lado, utilizar outros produtos como tira-manchas, alvejantes e cloro é absolutamente proibido porque eles certamente prejudicarão a saúde de quem consumir o alimento se não forem totalmente eliminados das verduras e das frutas antes da ingestão.

Outras opções para higienizar as frutas e as verduras

Outras opções seguras para a saúde e eficientes para exterminar pesticidas e agrotóxicos, são a utilização de ácidos orgânicos, como, por exemplo, ácido láctico, cítrico ou ascórbico e também peróxido de hidrogênio.

Mas, entretanto, as duas opções requerem uma série de precauções. Em relação aos ácidos orgânicos, é indicado misturar dois ou mais ácidos para realizar a higienização. Já com o peróxido de hidrogênio, é imprescindível utilizar porcentagens menores que 5%, pois existe o risco de irritação nos olhos e na pele.

Para fazer uso dessas opções, é necessário diluir a quantidade de uma colher de sopa do produto escolhido para cada 1 litro de água de água potável, colocando os alimentos de molho durante o período de 15 minutos. Passado esse tempo, é necessário enxaguar os alimentos em água potável corrente para eliminar totalmente o excesso de produtos e, em seguida, guardar os alimentos na geladeira.

É válido ressaltar que ingerir alimentos crus que não estejam corretamente higienizados pode ser nocivo para a sua saúde por causa da quantia de agrotóxicos e micro-organismos perigosos que os vegetais contêm, podendo acarretar inúmeros efeitos colaterais como mal estar, dor de barriga, febre e diarreia, além outras de doenças.

Por que o vinagre não é uma opção indicada?

Por mais que o vinagre possa ser utilizado na lavagem dos alimentos, ele não é nem de longe a melhor opção existente.

Inclusive diversos estudos indicam que, para que o vinagre realmente funcione de forma eficiente, é necessário que ele seja bastante concentrado, ou seja, é necessário que haja quantias grandes de vinagre na água para que os pesticidas e os micro-organismos perigosos sejam retirados por completo. Além do mais, o vinagre ainda pode alterar o gosto dos alimentos.

Dessa forma, concluímos que todas as outras opções que apresentamos, além de não alterarem o sabor da comida, ainda são mais baratas de serem utilizadas, pois menores quantidades conseguem atingir o objetivo de higienizar corretamente as frutas e as verduras.

Fonte: https://www.receitasgostosas.com/

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora