Alimentos que causam enxaqueca

Quanto mais informação você tiver, mais fácil se torna evitar as crises


A enxaqueca infelizmente é uma das doenças que mais acometem os brasileiros, estima-se que mais de 30 milhões sofram com as dores que ela causa. As mulheres atingem uma marca de 75% desse número. A rotina dessas pessoas não é nada fácil, idas frequentes aos hospitais e abuso de medicamentos são apenas algumas dessas tormentas.

As dores geralmente começam atrás da região dos olhos e tem uma duração que pode ser de horas e até mesmo de dias. Pesquisas indicam que essas crises podem estar ligadas a diversos fatores e um deles pode ser a alimentação.

Foto: Divulgação
Alimentos que causam enxaqueca

Nem todas as dores de cabeça são consideradas enxaqueca. A enxaqueca é caracterizada por dores muito intensas na região dos olhos, e muito latejantes ou pulsantes, com duração de 4 a 72 horas. Náuseas, enjoos, tonturas, irritabilidade, hipersensibilidade são apenas um dos sintomas que aparecem nas pessoas que estão tendo crises.

As mulheres são as que mais sofrem com as crises de enxaqueca, isso acontece por causa das oscilações hormonais, principalmente do estrógeno em períodos férteis. São nos períodos pré-menstruais que ocorrem as piores crises. A tendência é que na menopausa essas crises desapareçam.

Mesmo que as mulheres tenham mais predisposição a terem crises de enxaqueca, o fator genético conta muito. As pessoas com essa predisposição genética, se tornam mais sensíveis aos fatores ambientais externos. É importante que a pessoa conheça quais são as suas predisposições a desencadear uma crise e saber identifica-las para poder evita-las.

CRISES

Alguns fatores do ambiente podem desencadear as crises de enxaqueca, esses fatores devem ser evitados por quem não quer passar por essas crises.

Segundo estudos recentes, existem 3 fatores concretos que desencadeiam as crises de enxaqueca. Esses fatores devem ser evitados de qualquer maneira, para que as crises não apreçam: não se alimentar e ficar horas seguidas em jejum; consumir altas doses de bebidas alcóolicas, principalmente vinho; consumo de cafeína, seja no café, refrigerantes de cola ou chocolates.

Saber quais são os alimentos que causam enxaqueca e como evita-los é muito bom para quem não quer sentir dor.

Fonte: http://tudoela.com

SINTOMAS DA ENXAQUECA

Conhecer os alimentos evita que você sofra as dores dessas crises. Existem alguns sintomas importantes, conheça alguns deles:

Náuseas;
Dores fortes atrás dos olhos;
Irritabilidade;
Hipersensibilidade com luz, barulho e odores;
Tonturas;
Piora de concentração;
Dores no corpo;
Diarreia.

Fonte: http://tudoela.com

Alimentos que não causam enxaqueca

Os alimentos mais indicados para controlar as crises de enxaqueca são os antioxidantes, pois ajudam no bloqueio da absorção e síntese de prostaglandinas, grandes responsáveis pelos processos inflamatórios presentes no nosso organismo.

A explicação desses alimentos fazerem tão bem no organismo está na produção da serotonina, neurotransmissor que regula o humor, o sono, o apetite e contribui para diminuir os sintomas desagradáveis da enxaqueca.

Pães integrais;
Leite desnatado;
Arroz;
Frutas;
Peixes magros;
Grãos e cereais;
Frutas;
Noz moscada;
Queijos;
Iogurtes;
Carnes magras;
Salmão;
Castanha do pará;
Amêndoa;
Ovo;
Espinafre;
Escarola;
Aveia;
Batata;
Feijão.

Fonte: http://tudoela.com

Alimentos que causam enxaqueca

Alimentos que causam enxaqueca segundo estudos recentes são os que contém uma maior quantidade de cafeína. A cafeína consumida em excesso pode desencadear sintomas e crises muito grandes de enxaqueca. Essa substância não está contida apenas no café, refrigerantes e chocolates também contém.

As carnes por causa dos métodos de criação que buscam cada vez mais aumentar os números de vendas, acabam injetando altas doses de hormônios e antibióticos.

A junção desses dois componentes pode ser extremamente prejudicial para quem ingeri-los. Esses alimentos contém nitrito, nitrato, amina, tiramina, teobromina, ricos em toxinas que estimulam o sistema nervoso central, provocando dores intensas na cabeça.

Café;
Refrigerantes de cola;
Chocolate;
Chá preto;
Adoçantes aspartame;
Embutidos em geral (linguiça, salsicha, salame, mortadela);
Shoyo;
Bebidas alcoólicas, principalmente o vinho;
Alimentos industrializados como sopas prontas, sucos, bolachas, entre outros;

Fonte: http://tudoela.com

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!