As muitas faces de uma vencedora

Ana Hickmann é apresentadora, modelo, mãe, esposa, empresária... E em entrevista à Revista L, ela fala sobre o mercado da beleza e lições que carrega


Foto: João Carlos Nascimento - O Liberal
Ana Hickmann fala dos desafios de empreender e como conciliar a vida de apresentadora, mãe e empresária

Muita gente conhece a Ana Hickmann da televisão: apresentadora do Hoje em Dia, matutino exibido de segunda a sexta desde 2015, um dos programas líderes de audiência da Record TV. Muitos também lembram da Ana Hickmann das passarelas, eleita diversas vezes uma das mulheres mais bonitas do mundo e capa das publicações mais tradicionais do planeta, como Cosmopolitan, Allure, Glamour, Marie Claire, Claudia, entre muitas outras.

Poucas pessoas, no entanto, conhecem a Ana Hickmann empreendedora. A história da marca AH começou em 2002, com um convite da Vizzano para que a então modelo criasse uma coleção de sapatos com seu nome. Desde então, o portfólio de produtos licenciados não parou de crescer. Hoje, óculos, bolsas, calçados, moda casual, moda praia, relógios, semijoias, acessórios e cosméticos fazem parte da marca encabeçada por Ana.

Recentemente, essa mulher de facetas múltiplas resolveu investir ainda mais pesado no setor da beleza e criou a franquia MaisLaser, empresa especializada em depilação feminina e masculina e que conta com uma tecnologia de ponta, criada especialmente para a pele brasileira. “Posso afirmar que o que gosto para mim, faço para minha marca”, afirma, em uma entrevista exclusiva à Revista L.

A seguir, Ana Hickmann fala do aprendizado que os anos de passarela trouxeram para a sua vida, o preconceito na migração para a tevê, os desafios de empreender e como conciliar a vida de apresentadora, mãe e empresária.

Você é uma pessoa reconhecida e de sucesso internacional. Mas o começo nem sempre é fácil. Qual aprendizado você tira dos desafios que enfrentou no começo da carreira?
O começo não foi nada fácil, mas não perdi a fé. Arregacei as mangas e segui com muito trabalho! Esse foi meu maior aprendizado, lutar e trabalhar sem medo do “não”! As batalhas que enfrentei e ainda enfrento criaram os alicerces das minhas vitórias atuais.

Das passarelas para a tevê, você sentiu algum tipo de preconceito? Como superar um problema desses?
Sempre tem, não tem jeito. Quando comecei escutei muita gente dizer que eu era apenas beleza e que eu não duraria na televisão. Isso poderia ter me desestabilizado, mas não! Foquei no meu trabalho e aprendizado e segui em frente. Hoje estou aqui, a completar 15 anos neste ano, a frente de um dos programas de maior audiência da emissora e ao vivo.

Por que você resolveu investir na área da beleza?
Minha vida sempre foi ligada à moda, e a beleza faz parte! As mulheres gostam de se vestir e se cuidar, isso já é um fato comprovado. Posso afirmar que o que gosto para mim, faço para minha marca. Foi assim que cheguei nessa área!

Quais foram os desafios que enfrentou na hora de empreender?
Empreender não é fácil! O maior desafio é encontrar parceiros certos, com segurança e conhecimento preciso. Vou explicar contando a escolha do Grupo Kalaes. Primeiro conheci o Sidney [Kalaes, presidente do Grupo Kalaes].Passamos muito tempo em reuniões e ele me contou toda a trajetória e enfim, fui conhecer um pouco mais a fundo o que era o Grupo Kalaes, quais empreendimentos eles foram responsáveis e quanto sucesso tiveram ao longo da história deles. E eles realmente têm uma expertise maravilhosa quando se fala de “franchise”. Não foi um processo rápido, mas posso dizer que foi assertivo.

Como você concilia a apresentação na tevê, a família e os negócios?
É uma vida louca! Mas também normal! Qual mulher, hoje em dia, não passa por isso, não é? Cuidar da casa, filhos e ainda trabalhar fora? É nosso dia a dia! Acredito que ter saúde e cuidar dela é o ponto chave para aguentar o tranco. Hoje tento ao máximo estar perto do meu filho para acompanhar seu crescimento. Sempre que posso levo ele a algum trabalho ou como fiz nas férias dele, quando me acompanhou no Hoje em Dia [programa que apresenta na Record TV]. Foi sensacional!

Quais lições as passarelas te ensinaram que carrega para a vida?
A vida das passarelas não é glamourosa, como muitos acreditam. Privações, negativas, trabalho duro e outros fatores tiram o glamour da profissão, mas por outro lado, posso dizer que conheci pessoas incríveis no mundo inteiro e lugares paradisíacos, além de ter me tornado uma mulher mais forte e decidida! Sou grata à profissão de top model! Me ajudou a ser quem eu sou hoje.

Como você enxerga o setor de beleza no Brasil atualmente?
É um segmento que além de eu gostar muito, acompanha o mercado todo. Sabemos que o setor de beleza é o único que, graças a Deus, não sofreu com a crise e ainda teve um crescimento muito significativo. Aposto nesse setor com muita fé!

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!