Abusar de garota bêbada não é violência, dizem universitários

Pesquisa revela que universitários não consideram o abuso uma violência quando a garota está alcoolizada


[\img]Uma pesquisa realizada com estudantes do sexo masculino e feminino em universidades brasileiras revela que 27% dos homens entrevistados acreditam que, se uma garota tiver bebido além da conta, abusar dela não é uma forma de violência.

O estudo “Violência contra a mulher no ambiente universitário”, realizado pelo Instituto Avon em parceria com o Data Popular e divulgado no último dia 3, mostra ainda que 14% dos estudantes, de ambos os sexos, conhecem casos de mulheres estupradas, 13% dos homens já cometeram pelo menos um tipo de violência sexual, e 28% das mulheres já sofreram algum tipo de violência dessa natureza.

Leia reportagem completa na edição virtual do caderno teen!. Acesse , faça seu cadastro e desfrute de mais informação!

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora