24 de novembro de 2020 Atualizado 15:30

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Interior de SP

Santa Clara Eco Resort: para curtir em família

A 170 km de Americana, resort une luxo, conforto e natureza em hospedagem atrativa para pais e crianças; LIBERAL conferiu

Por João Colosalle

18 out 2020 às 09:19 • Última atualização 18 out 2020 às 16:54

Quem circula pelos 360 hectares do Santa Clara Eco Resort logo percebe que o local tem um público-alvo muitíssimo bem definido: famílias com crianças.

No final de semana dos dias 26 e 27 de setembro, das cerca de 300 pessoas que estavam hospedadas no hotel, pouco mais de 100 eram, justamente, de meninos e meninas que se esbaldavam nas diversas piscinas ou em atividades acompanhadas por monitores.

Santa Claro Eco Resort – Foto: Divulgação

A monitoria é, de fato, o ponto alto. Não por acaso, o resort já foi eleito por três anos consecutivos como o melhor hotel do Brasil e da América do Sul e entre os melhores do mundo para famílias pelo site TripAdvisor.

Mas o ambiente, como um todo, repleto de natureza, luxo e conforto, é realmente diferenciado e fácil de agradar também os adultos. Há um toque de alta qualidade em quase tudo que está ao alcance dos hóspedes, como os amenities do banheiro (cosméticos disponibilizados aos hóspedes), da grife francesa L’Occitane (que tem um spa no resort), a decoração caprichosa de boa parte dos quartos, que não economiza nos detalhes amadeirados, e a gastronomia variada.

Santa Claro Eco Resort – Foto: Divulgação

A reportagem do LIBERAL se hospedou no Santa Clara no último final de semana de setembro, a convite do próprio resort.

Localizado em Dourado, centro geográfico do Estado, na região famosa pelo turismo de aventura, o hotel tem acesso fácil a quem parte de Americana e região. São cerca de 120 quilômetros até São Carlos, pela Rodovia Washington Luiz, e mais 50 na estrada simples que passa por Dourado e onde está a entrada para o resort, na beira da pista.

Santa Claro Eco Resort – Foto: Divulgação

AMBIENTES
As acomodações se dividem em padrões variados, de chalés a apartamentos, espalhados pela área que equivale a 360 campos de futebol. Hoje, são 126 quartos em 16 categorias, como a dos apartamentos com vista para o lago e piscina de borda infinita, uma parte nova do resort.

No quarto em que o LIBERAL se hospedou, superior e com varanda, o tamanho da instalação era o grande destaque. Com um vasto mobiliário em madeira e parede de tijolinhos, a sensação era de conforto permanente.

O estilo “fazenda” de decoração, na verdade, se repete em grande parte das acomodações e áreas comuns. Nas suítes do lago, o estilo ripado nas paredes dos quartos passa a sensação de ao mesmo tempo estar em um ambiente rústico e moderno.

Santa Claro Eco Resort – Foto: Divulgação

No restaurante principal, de pé direito alto, não há como não notar a divisória entre ambientes de galhos e gravetos e as “fatias” de tronco de árvore na decoração das paredes.

Um bangalô acessado por um deck no meio do lago também é outro espaço que une o conforto ao ambiente de contato constante com a natureza.
De frente para o bangalô, as diversas piscinas têm algo em comum, propositalmente: não há ambientes que separam pais e filhos. Uma mesma piscina é possível ser frequentada por adultos e crianças, sem que um deixe de se divertir por conta do outro.

As espreguiçadeiras e sofás que se espalham ao redor das piscinas, porém, são bastante disputadas. Confortáveis, há muitos que passam manhãs e tardes inteiras sob os guarda-sóis e pergolados.

Santa Claro Eco Resort – Foto: Divulgação

Gastronomia, ponto forte
O formato “tudo incluso” de hospedagem agrega à estadia no Santa Clara outro forte atrativo. Com exceção de bebidas alcoólicas ou consumidos em áreas de piscina e bar, todo o resto está disponível aos hóspedes durante quatro horários de refeição – café da manhã, almoço, café da tarde e jantar.

No restaurante, são três ambientes cujos pratos se dividem entre massas, carnes, alimentos naturais e saudáveis e doces, dentre outros. Pela manhã, a fila dos pratos quentes – como tapiocas e omeletes – costuma ser disputada. À noite, mas sem fila, o mesmo ocorre com as pizzas feitas na hora.

Tudo é feito sob o conceito de real food – em bom português, comida de verdade, a partir de produtos orgânicos, inclusive, colhidos de hortas que funcionam no resort.

Atividades para as crianças
A imensa atração de famílias de todo o Estado para o Santa Clara pode ser explicada em grande parte pela rotina de atividades que o resort oferece a crianças. As dezenas de monitores que se revezam entre as diversas faixas etárias que se hospedam no local são notáveis pelo engajamento.

Nos períodos de refeições, quando as famílias se reúnem nos restaurantes – especialmente, pela manhã -, é comum que os monitores, geralmente jovens, abordem as crianças convidando-as para atividades pelo resort.

Divididos por idades de 3 a 17 anos, em “clubinhos”, crianças e adolescentes hóspedes são levados para um roteiro de brincadeiras que incluem contação de histórias, passeios entre hortas e animais, jogos, trilhas, aventuras, competições e esportes, dentre outras. Há grande sintonia entre monitores e monitorados e um contato constante com a natureza.

ADULTOS
Também há atividades voltadas para adultos, composto, na maioria de pais. Além das práticas esportivas, como jogos de futebol, ioga, hidroginástica e caminhadas, os shows e talk shows que ocorrem no bar da piscina, nas noites de fim de semana, costumam atrair bom público, que interage em games como o “Qual é a música?”, uma disputa entre mesas, com direito ao icônico personagem Pablo, acompanhada pela claque de monitores.

Reabertura gradual na pandemia
Na data em que o LIBERAL se hospedou, o resort apresentava taxa de ocupação reduzida, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Apesar de ter sido um dos primeiros hotéis a reabrir durante o período de quarentena, a evolução na hospedagem do local tem sido gradual, segundo a CEO Taiza Krueder.

A retomada se deu com 5%, no final de maio, para testar protocolos de segurança desenvolvidos em parceria com a Santa Casa de São Carlos. Hoje, está em 85%.

“A gente está muito feliz de estar aberto de novo, apesar da pandemia. E é bom saber que a gente tem o papel de ensinar as pessoas a lidarem com isso. É muito bom ver as pessoas irem embora felizes daqui”, comenta Taiza.

Segundo ela, o resort tem empregado o uso de lâmpadas UV para a desinfecção dos quartos, além de outros procedimentos de higiene. É possível, porém, evitar que os quartos sejam acessados por funcionários da limpeza durante a estadia apenas mantendo a placa de não perturbe na porta.

O resort também tem incentivado os hóspedes a se protegerem, especialmente em áreas comuns. Nos restaurantes, por exemplo, o uso de máscaras e luvas para se servir é obrigatório.

Apesar de em áreas de piscina e bares o uso de máscara ser mínimo entre os hóspedes, monitores, garçons e outros funcionários permanecem com a proteção durante todo o tempo. Segundo Taiza, nenhum colaborador se infectou com o vírus.

CONHEÇA O RESORT

Local histórico
A sede do resort é uma fazenda construída no início do século 20 que pertencia à família do presidente Washington Luís (1926-1930), cuja mãe era devota de Santa Clara. A área se tornou um resort em 1998.

Fácil acesso
Para quem parte de Americana, a 170 km de distância, pode-se seguir pela Rodovia dos Bandeirantes até a Washington Luís. Na saída 277, acesse a rodovia que liga São Carlos a Dourado – o resort fica às margens desta estrada. O trecho todo tem cerca de R$ 40 de pedágio (ida e volta).

Reservas
As hospedagens são bastante disputadas. É preciso marcar com antecedência de meses, em alguns períodos, como de alta temporada. As diárias, que custam a partir de R$ 900 em chalés premium, incluem alimentação em quatro horários de refeições, menos bebidas alcoólicas.

Por que ir?
O resort, que tem 5 estrelas no TripAdvisor, é excelente para famílias com crianças e adolescentes. As atividades com monitores são muito bem recomendadas e as acomodações, os ambientes e a gastronomia são de alta qualidade.

O que fazer?
A lista é grande. Além das piscinas, há atividades como passeios de bicicleta e caiaque, stand up paddle, cavalgada, arvorismo, tirolesa, trilhas, dentre outras. O local conta com espaços e práticas de esporte – de futebol a rapel –, além do Spa by L’Occitane e duas cachoeiras. À noite, atrações musicais e talk shows movimentam o bar da piscina.

Publicidade