17 de agosto de 2022 Atualizado 23:48

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Turismo

Guia para ser um turista responsável

Confira recomendações do Ministério do Turismo para uma viagem segura e responsável

Por Natália Velosa

20 de novembro de 2021, às 11h54

Apesar do avanço significativo da vacinação no País, o Brasil ainda enfrenta a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O turismo tem retomado aos poucos, mas é fato que a pandemia tem alterado o modo como as pessoas se portam em lugares públicos. Os cuidados redobraram, a higienização se tornou indispensável e o distanciamento social permaneceu.

Vale lembrar que o turista também é responsável pelo controle da situação pandêmica. Não basta apenas os estabelecimentos e os locais públicos estarem adequados, é necessário consciência de todos.

Prepare as malas e confira as recomendações do turista responsável em cartilha publicada pelo Ministério do Turismo:

Não viaje se estiver doente

Ou ainda se pertencer ao grupo de risco, se morar com alguém do grupo do risco, ou se esteve com alguém com Covid-19 nos últimos 14 dias.

Evite cumprimentar com contato físico

Incluindo apertar as mãos, tanto de funcionários quanto de outros turistas. A distância de segurança de, pelo menos 1 metro, deve ser respeitada sempre.

Evite situações desnecessárias em sua viagem

Caso viaje em carro particular, considere que fazer paradas ao longo do caminho para abastecer, comer ou ir ao banheiro pode colocar você e seus companheiros de viagem em contato próximo com outras pessoas e superfícies frequentemente tocadas e potencialmente infectadas.

Obtenha informações do local da sua viagem
Verifique os sites de referência em saúde pública, estaduais e municipais. Se estiver viajando internacionalmente, consulte o Escritório de Relações Exteriores ou o Ministério da Saúde do País.

Prepare-se para ser flexível durante sua viagem

Restrições e políticas de saúde podem mudar antes e durante sua viagem.

Opte pelo Selo Turismo Responsável

No momento de escolher sua hospedagem opte por hotéis que priorizem sua segurança e bem estar, como por exemplo, os que aderiram ao Selo Turismo Responsável e observe se o estabelecimento está cumprindo o protocolo proposto.

Utilize os canais on-line

Evite aglomerações nas recepções, utilize os canais on-line e faça o check-in com antecedência.

Utilize máscara em todos os ambientes

Cubra o nariz e a boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos, ao tossir ou espirrar.

Lave as mãos com água e sabonete, ou utilize álcool em gel 70%

Principalmente após espirrar, assoar o nariz ou tossir ou, ainda, sempre que tocar em qualquer superfície potencialmente contaminada (dinheiro, máquina de cartão, balcão do estabelecimento, corrimão, botões de elevadores, maçanetas, telefone, computadores, aparelho celular, etc.)

Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não higienizadas

Desinfete com frequência objetos de uso pessoal (copos, celulares, etc.) com água e sabão quando possível ou, quando não for possível, utilizar uma solução desinfetante recomendada pela ANVISA para tal finalidade.

Evite qualquer tipo de aglomeração

Observar se o estabelecimento está cumprindo o protocolo proposto e dê preferência por comida em drive-thru e serviço de restaurante em ambientes abertos.

Verifique se você está em dia com as vacinas de rotina

Incluindo a vacina contra sarampo-caxumba-rubéola (MMR) e a vacina contra a gripe.

Denuncie

Caso os protocolos de segurança não sejam cumpridos pelo estabelecimento, é possível denunciar no Disque Saúde, pelo telefone 136.

Publicidade