15 de abril de 2021 Atualizado 23:39

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Inovação

App criado por americanense cresce na pandemia com solução para pedidos online

Plataforma inova ao criar sistemas de delivery personalizados para cada estabelecimento cadastrado, desde restaurantes a farmácias

Por Heitor Carvalho

22 mar 2021 às 07:21 • Última atualização 22 mar 2021 às 10:05

O aplicativo Pedir Já Online, criado pelo americanense Mateus Martins, de 32 anos, vêm ganhando espaço em todo o território nacional ao conseguir personalizar o serviço de entrega online para cada estabelecimento cadastrado.

Através de planos anuais, que partem do valor de R$ 499,99, diversos tipos de estabelecimentos comerciais, como restaurantes, farmácias e lojas de roupas, podem ter acesso a um website e um aplicativo desenvolvido com a identidade visual específica do estabelecimento cadastrado.

“Não é um app comum, onde o consumidor encontra vários estabelecimentos lá dentro. Nosso intuito é fazer o aplicativo, o site e o sistema de pedido online exclusivo de um restaurante, por exemplo”, afirmou Mateus.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Mateus mora no Werner Plaas e criou a plataforma no início 2020, sendo que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) acabou sendo uma grande impulsionadora da ideia.

“Com a vinda da pandemia, houve um aumento de vendas muito maior, porque o delivery é uma das únicas formas que sobraram para fazer as vendas. Isso só confirma a aceitação da plataforma”, afirmou.

A empresa atende todo o território nacional e conta com uma estrutura de home office, com funcionários em vários estados e suporte técnico 24h, além de treinamento para a utilização do sistema. Todo o serviço está incluso no pacote anual e não há mensalidades ou taxas por pedido.

“Como não há uma taxa, esse valor não é repassado aos clientes. Além disso, como cada estabelecimento tem o seu próprio sistema de atendimento, não há concorrência, como acontece com outros aplicativos que agregam vários restaurantes na mesma plataforma”, explica.

Publicidade