05 de junho de 2020 Atualizado 22:27

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

PÁSCOA

Consumo de chocolate é prejudicial aos cães e gatos

A ingestão desse tipo de alimento pelos pets pode causar vômitos, coma e até morte

Por Danilo Reenlsober

10 abr 2020 às 10:31

No domingo, dia 12, será celebrada a Páscoa e um dos principais símbolos da data são os ovos de chocolate. Uma delícia adorada pelos humanos, a guloseima, no entanto, não é recomendada para cães e gatos, já que possui substância tóxica aos animais, podendo causar uma série de malefícios, como vômitos, estado de coma e até morte.

Clique aqui e se inscreva no nosso canal do Telegram e receba as notícias no seu celular!

Segundo a médica-veterinária Carolina Filippos, da CTCPA (Comissão Técnica de Clínicos de Pequenos Animais) do CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo), o cacau contém teobromina e cafeína, substâncias com alto poder estimulador que representam risco aos pets.

Foto: Divulgação
Animais como cães e gatos não podem consumir chocolate, já que o cacau possui substâncias tóxicas para eles

“A teobromina é a mais tóxica e pode permanecer até seis dias no organismo do animal, causando vômito, diarreia, febre, convulsão e, em casos mais graves, pode haver coma e óbito”, explicou a especialista. “Quanto mais elevado o teor de cacau no chocolate, mais tóxico ele é para os animais”.

Filhotes, idosos e raças pequenas podem ter ainda mais complicações, já que são mais vulneráveis. “Para um animal de dois quilos, por exemplo, uma barra de 100 gramas de chocolate pode ser letal”, salienta Carolina. “Mesmo o chocolate branco, feito de manteiga de cacau, é item proibido, pois também possui níveis de teobromina, além de grande quantidade de gordura, que pode causar gastroenterite”.

Nesse momento em os ovos de chocolate estão mais presentes nas casas dos brasileiros, os tutores devem ter atenção redobrada. Tutores, outros membros da família e até as crianças precisam ser alertados dos riscos do consumo desse tipo de alimento pelos pets. Devem também ficar atentos para não deixarem pedaços e sobras de chocolate sobre a mesa ou pelo chão.

O que fazer em caso de ingestão

Em caso de ingestão acidental do chocolate, os sintomas não serão imediatos. Eles poderão iniciar após seis a 12 horas. Nestes casos, o animal deve ser levado o quanto antes a uma clínica médica-veterinária, para o atendimento adequado. Uma das reações é a hemorragia intestinal. O tutor pode perceber o problema com a ocorrência de sintomas como vômito, diarreia com sangue fresco e diminuição do apetite.