20 de outubro de 2020 Atualizado 22:09

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Movimento antecipado

Volks adianta detalhes do SUV médio Taos

Veículo que será feito na Argentina deve chegar ao Brasil somente em junho de 2021

Por Auto Press

17 out 2020 às 10:21

A Volkswagen está mesmo disposta a rechear seu line up de utilitários esportivos. No total, a marca produz oito SUVs diferentes, alguns deles específicos para a Europa, outros para os Estados Unidos e alguns distribuídos mundialmente. Alguns deles, como o T-Cross, têm configurações diferentes para o mercado latino-americano e o europeu.
Já o Nivus será o mesmo nos dois mercados.

Volkswagen Taos – Foto: Divulgação

A partir do ano que vem, a marca vai lançar mais um: o Taos. O modelo será produzido tanto na Argentina, para fornecer aos mercados sul-americanos, quanto no México, de onde será enviado para o mercado norte-americano.

As duas versões foram apresentadas nesta segunda semana de outubro, e só devem chegar aos respectivos mercados em junho de 2021. A Volkswagen não mostra com tanta antecedência seus futuros modelos nos mercados da América do Sul, mas acabou seguindo a diretriz da marca para os Estados Unidos, que costuma antecipar os detalhes de novos modelos em até um ano antes da efetiva chegada ao mercado.

Volkswagen Taos – Foto: Divulgação

O Taos é um SUV médio – nos Estados Unidos, é considerado compacto ‑, que ficará logo abaixo do Tiguan na gama da marca, que nas Américas só chega na versão longa, enquanto na Europa dispõe de uma configuração mais curta.

Por aqui, o motor do novo SUV será o antigo 1.4 TSI, de 150 cv e 25,5 kgfm, com tração dianteira e câmbio automático de seis marchas, enquanto o modelo produzido no México vai receber o moto 1.5 TSI, com 160 cv e os mesmos 25,5 kgfm, terá opção de tração dianteira ou integral e câmbio automático de oito marchas ou de dupla embreagem com sete marchas.

Volkswagen Taos – Foto: Divulgação

O Taos chama a atenção pela assinatura em led que corta toda a grade de um farol ao outro, interrompida apenas pela nova logo da marca. Essa linha de led só é ativada quando farol está ligado, enquanto a luz diurna é composta por leds mais discretos, localizados dentro do conjunto ótico.

O modelo feito na Argentina vai receber o mesmo VW Play usado no Nivus e T-Cross, enquanto o modelo mexicano vai contar com MIB3, terceira geração do sistema, que tem comandos em botões, além da tela “touch”.

Volkswagen Taos – Foto: Divulgação

DESIGN
As linhas do Taos seguem rigorosamente o conceito de design dos SUVs da marca, frente reta, com vincos bem marcados, caixas de roda saltadas, linha de cintura paralela ao chão e traseira chapada. A ideia foi acentuar a robustez da carroceria do veículo.

O modelo também deve trazer de série diversos recursos que estão se popularizando – ainda mais na faixa de mercado em que ele deve atuar, provavelmente a partir de R$ 120 mil – a valores de hoje, como painel digital, seis airbags e luz ambiente configurável.

Publicidade