28 de junho de 2022 Atualizado 20:00

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Traje Esportivo

Hyundai lança o Creta N Line

Versão de visual esportivo é animada pelo motor 1.0 turbo, mas com apenas 120 cv

Por Eduardo Rocha / Auto Press

13 de junho de 2022, às 10h18 • Última atualização em 13 de junho de 2022, às 10h19

As marcas, de forma recorrente, usam elementos puramente estéticos para tentar vender versões que, na realidade, não têm as características propagandeadas. Como um carro com visual aventureiro, mas sem qualquer capacidade off-road ou um esportivo que não apresenta nem motor nem desempenho que o diferenciem do restante da gama. Essa venda de gato por lebre, por vezes, é amenizada por sutis adaptações ao estilo proposto, mas nada que mude essencialmente o comportamento do carro.

Creta N Line – Foto: Divulgação

Como um aventureiro que recebe pneus de uso misto ou suspensão elevada, ou um esportivo que ganha itens aerodinâmicos ou uma nova configuração na suspensão e na direção. O novo Hyundai Creta N Line se enquadra nos dois casos. Trata-se de um SUV sem uma capacidade off-road específica que ganha uma versão com estilo esportivo, mas sem qualquer ganho de performance. O modelo chega ao mercado nacional por R$ 165.090 – R$ 159.490 apenas para as primeiras 200 unidades.

Na gama do SUV da Hyundai, a versão N Line vai funcionar como uma bifurcação da versão top de linha atual, a Ultimate, que custa R$ 167.490. As duas configurações guardam diferenças importantes. A mais surpreendente é a motorização. Apesar de ser a versão com pegada esportiva da gama, a N Line usa o motor 1.0 TGDI flex, turbo com injeção direta, que rende apenas 120 cv e 17,5 kgfm, o motor mais fraco aplicado ao modelo no Brasil.

Creta N Line – Foto: Divulgação

Já a Ultimate traz o motor 2.0 flex aspirado, que rende 157/167 cv e 19,2/20,6 kgfm, com gasolina-etanol. Mecanicamente, a única especificação que busca adequar a nova versão à proposta é mesmo a nova configuração de suspensão e direção, mais rígida.

As diferenças mais evidentes entre os dois aparecem no tratamento de peças como protetor de para-choque, saias laterais, barras no teto, spoiler e capas de retrovisores, que ganham acabamento preto brilhante. A grade frontal é em preto brilhante e, além da assinatura N Line, ganha nova trama simétrica, com o escudo da marca escurecido. Os faróis recebem máscara negra e as lanternas têm lentes escurecidas. Apesar de ser um modelo esportivo, as rodas têm 17 polegadas – na Ultimate têm 18.

Creta N Line – Foto: Divulgação

No interior, a assinatura da versão é valorizada. Ela aparece no volante, no câmbio e bordada no encosto dos bancos dianteiros. O revestimento é em couro sintético. O interior é todo em preto, fugindo da duvidosa combinação de bege com marrom da Ultimate.

Publicidade