13 de agosto de 2022 Atualizado 22:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Motors

Com motor turbo, Renault Duster Iconic ganha desempenho e sofisticação

Chegada do motor TCe 1.3 turbo flex à gama abre a possibilidade de o Duster voltar a oferecer no Brasil a tração 4X4

Por Eduardo Rocha - Auto Press

25 de julho de 2022, às 15h36 • Última atualização em 25 de julho de 2022, às 15h38

Duster faz sucesso há anos no Brasil e possui uma pegada mais rústica - Foto: Eduardo rocha - Auto Press

Desde que surgiu no mercado brasileiro, em 2012, o Renault Duster adotou a linha de SUV raiz – em contraposição ao papel crossover do Ford EcoSport, único rival na época. Hoje o mercado está abarrotado de SUVs, que responderam por 46,5% de todos os automóveis de passeio vendidos no primeiro semestre de 2022.

O Duster, no entanto, sempre manteve a pegada mais rústica. Nem a atualização, feita há dois anos, mudou este conceito. Neste ano, com a chegada do motor TCe 1.33 turbo, o preço da versão topo de gama, Iconic, deu uma leve estilingada, mas ainda manteve a lógica de unir robustez e preço competitivo.

E é preciso reconhecer que esta estratégia vem dando certo para a Renault. Depois do pequeno Kwid, o Duster é o modelo mais vendido da marca, com um média de 1.600 unidades mensais. Esse total representa quatro vezes a média do outro SUV da marca francesa, o Captur. 

A chegada do motor TCe 1.3 turbo flex à gama abre a possibilidade de o Duster voltar a oferecer no Brasil a tração 4X4, que saiu de catálogo por conta da inadequação do velho motor 2.0 litros às exigências de emissões.

Afinal, o novo motor tem potência e torque de sobra para distribuir entre as quatro rodas do veículo. São 162/170 cv a 5.500 giros e 27,5 kgfm, já a partir de 1.600 rpm.

A configuração 1.3 T 4X4 do Duster, inclusive, já sai das linhas da Renault em São José dos Pinhais, no Paraná, com destino às concessionárias da marca na Argentina, onde a tração integral é bem mais apreciada que no Brasil.

O motor turbo do Duster só está disponível na top de linha do modelo, a Iconic, e custa a partir de R$ 138.790. Isso representa um acréscimo de R$ 14 mil à conta da mesma versão com motor 1.6 SCe aspirado, de 120 cv.

Ainda assim, é R$ 4.200 mais barato que a entrada do Captur, que atualmente só está disponível com o motor 1.3 turbo. Em relação aos principais rivais, o Duster também apresenta uma relação custo/benefício vantajosa. Sai cerca de R$ 7 mil a menos que um Jeep Renegade equivalente e mais de R$ 20 mil a menos que um Volkswagen T-Cross com conteúdo semelhante.

– Foto: Eduardo rocha – Auto Press

EQUIPAMENTOS. Em relação ao conteúdo, aliás, a crítica maior fica concentrada nos equipamentos de segurança. O modelo conta apenas com o trivial. Airbags frontais, ABS, controle de estabilidade e tração e sensor de obstáculos. Fora desse pacote básico, ele traz sensor de ponto cego, sensor de luminosidade e sistema Multiview, com quatro câmeras externas, com imagens exibidas individualmente, sem composição.

A versão conta ainda com rodas de 17 polegadas, apoio de braços dianteiro, chave-cartão de proximidade para travas e ignição, ar-condicionado automático, sistema Start/Stop e faróis de neblina.

Na linha 2023, o Duster passa a trazer de série revestimento dos bancos em couro sintético e moldura nas caixas de rodas de para-lamas. No caso da versão avaliada, ela trazia o chamado Pack Outsider, que consiste em um para-choque dianteiro reforçado com faróis auxiliares embutidos, borrachões e protetores nas portas, que aprofundam ainda mais o aspecto de SUV parrudo.

Ficha Técnica: Renault Duster Iconic TCe 1.3 Turbo

  • MOTOR: Gasolina e etanol, dianteiro, transversal, 1.332 cm³, com turbocompressor
  • TRANSMISSÃO: CVT (Continuamente variável) com conversor de torque e opção de trocas sequenciais de oito marchas
  • POTÊNCIA MÁXIMA: 162/170 cv com gasolina/etanol entre 5.500 e 6 mil rpm
  • TORQUE MÁXIMO: 27,5 kgfm com etanol e gasolina entre 1.600 e 3.750 rpm
  • SUSPENSÃO: Dianteira do tipo McPherson. Traseira semi-independente com molas helicoidais
  • PNEUS: 215/60 R17
  • FREIOS: Discos ventilados na frente e a tambor atrás. Oferece ABS com controle de saída em rampa.
  • PESO: 1.353 kg
  • PORTA-MALAS: 475 litros
  • TANQUE: 46 litros
  • PREÇO: R$ 141.840 (versão avaliada)

Publicidade