26 de novembro de 2020 Atualizado 19:15

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Conteúdo

Caoa Chery aposta no Tiggo 8 para emplacar entre SUVs médios

A montadora segue a lógica tipicamente usada com modelos chineses, que oferecem uma boa relação custo-benefício

Por Eduardo Rocha / Auto Press

18 ago 2020 às 10:41

A Caoa traçou uma estratégia interessante para atuar com a marca Chery no Brasil. A montadora segue a lógica tipicamente usada com modelos chineses, que oferecem uma boa relação custo-benefício para superar as desconfianças dos consumidores.

A diferença é que a Caoa não aplica esta tática com modelos baratos. Ao contrário, vem buscando atuar em segmentos superiores, que têm volumes pequenos, mas boa lucratividade.

O motor 1.6 turbo a gasolina é ainda inédito no Brasil e tem injeção direta de combustível – Foto: Divulgação

É o caso do novo Tiggo 8, SUV médio de 7 lugares, montado na planta da marca em Anápolis, Goiás, que está chegando agora às concessionárias. Segundo a marca, o segmento de SUVs responde atualmente por 26% do mercado. Deste total, apenas 5% são de modelos de sete lugares.

Ou seja: o novo modelo está inserido em uma fatia que corresponde a 1,3% do mercado total. O preço, de R$ 168.600, explica em parte o fato desse subsegmento ser tão pequeno. Os principais rivais com sete lugares não têm preços muito distantes. O Volkswagen Tiguan Allspace Comfortline 250 TSI tem preço de lista de R$ 171.690, enquanto o Mitsubishi Outlander custa R$ 165.990.

O Tiggo 8 apresenta alguma vantagem em relação ao conteúdo. O modelo tem praticamente todos os equipamentos presentes nos rivais, e muitos outros. Ele ainda carrega uma central multimídia com tela sensível ao toque com 10,25 polegadas. Um ponto negativo é que é compatível com Apple CarPlay, mas não com Android Auto. No caso, é preciso fazer espelhamento.

Outro ponto em que o Tiggo 8 leva vantagem é no trem-de-força, apesar de não ser flex. O motor 1.6 turbo a gasolina é ainda inédito no Brasil e tem injeção direta de combustível. Ele rende 187 cv de potência, com 28 kgfm de torque. Bem acima dos 150 cv do Tiguan e dos 160 cv do Outlander. É gerenciado por um câmbio de dupla embreagem de sete velocidades.

A Caoa espera que o Tiggo 8 alcance ao mês 300 emplacamentos – cerca de um terço do Tiguan e o dobro do conseguido pelo Outlander.

Publicidade