20 de setembro de 2020 Atualizado 20:44

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Especiarias

Cúrcuma e açafrão: você sabe quais as diferenças?

Além de dar sabor e cor aos pratos, esses dois temperos também ajudam a regular e melhorar a saúde

Por Danilo Reenlsober

16 jan 2020 às 10:26

É comum em muitas regiões do Brasil confundir o açafrão com a cúrcuma, ou mesmo achar que essas duas especiarias são a mesma coisa. A confusão só aumenta porque, por aqui, a cúrcuma também é conhecida como açafrão-da-terra. Na realidade, os dois produtos são ingredientes diferentes, cada um com suas próprias características, sabores e benefícios para a saúde do organismo.

De um modo geral, a cúrcuma (ou cúrcuma longa, como também é chamada), possui um caule subterrâneo e é da mesma família do gengibre. Sempre foi muito utilizada por populações do sul da Ásia, em pratos com o famoso molho curry, por exemplo.

Enquanto isso, o açafrão é proveniente dos estigmas de flores (local onde fica o pólen) da planta crocus sativus. É muito utilizado pelas populações próximas ao Mediterrâneo, principalmente nos pratos conhecidos como paellas. Raro, o açafrão é um ingrediente tido como um dos mais caros: como cada flor possui somente três estigmas, para obter 1 kg da especiaria, são necessárias, em média, 75 mil flores.

Benefícios à saúde

Foto: Médium_Divulgação
Cúrcuma

CÚRCUMA. De acordo com a médica Elisa Urban, a cúrcuma tem sido associada a muitos benefícios, desde a redução de processos inflamatórios até a melhora da saúde cerebral. Possui propriedades antioxidantes, antimicrobianas, anti-inflamatórias e moduladora do sistema imune. A curcumina atua como um anticancerígeno, reduz o colesterol de baixa densidade (LDL) e triglicerídeos, além de melhorar os sintomas de artrite. Seu consumo combate a depressão e ansiedade.

Foto: Infoescola_Divulgação
Açafrão

AÇAFRÃO. Possui propriedades antioxidantes e coletores seletivos de radicais livres. “O açafrão vem mostrando efeitos positivos em aplicações ainda mais abrangentes, incluindo antidepressivas e anticonvulsivantes, analgésicas, anticâncer e outros efeitos terapêuticos em diferentes partes do corpo, como cardiovascular, imunológico, visual, respiratório, geniturinário, sistema nervoso central e para desordens digestivas”, explica.

Como aproveitar os benefícios
Para que o organismo aproveite de forma completa esses benefícios, a concentração da curcumina é essencial. Em feiras e mercados, a cúrcuma é encontrada em pó, seca e moída. Assim, a quantidade da substância não é suficiente para benefícios significativos. Mas, para melhorar o potencial, use com pimenta-preta e boas fontes de gordura, como a do coco. É possível encontrar o extrato de cúrcuma padronizado com 95% de concentração, ou então, formas farmacêuticas que favoreçam a absorção.

Foto: Healthy Nibbles and Bits
Golden drink

Golden drink

Ingredientes
1 colher (sopa) de mel
1 colher (chá) de cúrcuma
1/4 colher (chá) de gengibre em pó
1/4 colher (chá) de cardamomo em pó
1/4 colher (chá) de canela em pó
2 colheres (sopa) de água fervente
2 xícaras (chá) de leite de coco ou de amêndoas

Modo de preparo
Em uma tigela mediana, adicione e misture o mel, o açafrão, o gengibre, o cardamomo e a canela. Misture bem. Em seguida, acrescente a água fervente e mexa para dissolver o mel. Junte o leite. Mexa e está pronto para ser consumido.

Dica. Essa receita é tradicional da Ásia e garante boa absorção dos nutrientes

Fonte: Essential Nutrition

Publicidade