23 de novembro de 2020 Atualizado 16:06

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Bem-Estar

Três simples maneiras de fortalecer o sistema imunológico

O sistema imunológico é composto por diversas células e tem a função de proteger o organismo contra o desenvolvimento de doenças

Por Redação

19 set 2020 às 12:23

A prática de exercícios físicos como a corrida é uma das formas de manter uma boa imunidade - Foto: Imagem de StockSnap por Pixabay

O sistema imunológico é uma defesa natural do organismo contra a ação de agentes como vírus, bactérias, fungos e outros microrganismos que podem ser prejudiciais à saúde.

Devido a isso, ele possui um papel primordial e com as doenças cada vez mais disseminadas mantê-lo fortalecido é fundamental.

Uma pessoa com um sistema imunológico deficiente se torna mais susceptível a ação de vírus e bactérias chamadas de patogênicas, ou seja, que possuem a capacidade de causar doença.

Deste modo, se o vírus da gripe contaminar duas pessoas ao mesmo tempo, a que está com a imunidade prejudicada poderá ficar doente e desenvolver sintomas mais fortes. Por outro lado, a que possui o seu sistema imunológico melhor pode não desenvolver a gripe ou apresentar sinais brandos.

E as principais maneiras de manter a imunidade em dia são:

1 – Alimentação

Para evitar que o sistema imunológico fique prejudicado é preciso ter uma alimentação balanceada. O que uma pessoa come influencia na sua saúde, refletindo na imunidade, diminuindo as chances de ficar doente e ajudando na recuperação.

Os alimentos são importantes para essa finalidade porque o sistema imunológico é composto por diversas reações bioquímicas que dependem de vitaminas, minerais e aminoácidos para acontecerem.

As vitaminas A e C são as mais conhecidas por atuar no sistema imunológico, mas elas não são as únicas que ajudam na imunidade. O zinco, por exemplo, é um mineral que desempenha diversas funções no organismo. Ele possui muitos benefícios, é necessário para o funcionamento correto do sistema imunológico e protege contra gripes, resfriados, conjuntivite e outras infecções.

Nutricionistas afirmam que o ideal é prezar pela variedade na alimentação, misturando frutas, proteínas, verduras e vegetais. Fazendo isso é possível ingerir todos os nutrientes necessários para uma boa imunidade. Bons alimentos para isso são cenoura, frutas cítricas, morango, kiwi, cúrcuma e couve.

2 – Dormir bem

Uma boa noite de sono auxilia no bem-estar e na saúde. Enquanto uma pessoa dorme suas células são reparadas, toxinas são eliminadas e até a memória é trabalhada para que se fortaleça.

Não é à toa que quem dorme mal ou entra em privação de sono acaba ficando doente. Isso ocorre porque o sono ajuda na imunidade e a sua falta cria uma susceptibilidade para o desenvolvimento de diversas doenças.

Por isso, o ideal é manter uma rotina adequada de sono, indo dormir e acordando em horários parecidos, sendo que para a maioria das pessoas o indicado é dormir entre seis e oito horas por noite.

3 – Fazer exercícios

Existem muitos exercícios que podem melhorar o sistema imunológico e a prática de atividades físicas aumenta o tônus muscular, libera hormônios benéficos, reduz o estresse e consegue ainda auxiliar na beleza.

A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que os exercícios sejam realizados pelo menos 30 minutos por dia e ioga, pilates, natação, caminhadas e corridas são boas escolhas para fortalecer a imunidade.

Publicidade