22 de Maio de 2020 Atualizado 22:37

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Rotina favorece produtividade nos estudos em casa

Para professora, a produtividade nas atividades escolares depende de organização

Por Isabella Holouka

16 Maio 2020 às 08:20

A produtividade nos estudos em casa depende da organização, não só do aluno, mas de toda a família. É o que defende a educadora Denise Ferreira, de Americana, do blog “Papo da Professora Denise”.

Com mais de 30 anos de experiência, a professora compartilha inspirações de atividades educativas criativas para os professores e, principalmente nestes tempos de pandemia, para os pais.

“As crianças precisam descobrir o conhecimento. Se a gente entregar tudo pronto para elas, não é a mesma coisa que aprender. Eu procuro descrever mais ou menos o que a criança vai aprender com cada atividade e, como elas são simples, qualquer pessoa pode fazer”, explica Denise.

O conteúdo é organizado por temas, como alfabetização, matemática ou ciências, e é voltado para crianças de até 10 anos.

Nestes tempos de quarentena para evitar a disseminação do novo coronavírus, a professora ressalta a importância de a família se comprometer com a educação das crianças.

“A aprendizagem depende completamente da família se organizar, porque nós, como educadores, podemos fazer muito, mas não adianta nada se na hora de aplicar os pais não conseguem”, afirma.

8 dicas para organizar as aulas em casa:

1 – Transmitir segurança e serenidade para as crianças
Um clima de nervosismo, insegurança e falta de direção pode deixar as crianças confusas e agitadas. Por isso, é preciso relacionar o dia a dia de casa com a escola. “Na escola há uma segurança, a criança sabe que vai chegar, sentar e ver a aula, em um ambiente conhecido”.

2 – Estabelecer uma rotina
“Escreva em um papel, faça uma tabela, coloque horário para começar e terminar. É preciso ter uma sequência de rotina. Uma sugestão para elaborar essa sequência é sentar com a criança e escrever uma lista do que precisa ser feito ao longo do dia e combinar os horários em que elas serão executadas”.

3 – Preparar os materiais que serão utilizados
Para que a rotina dê certo, com o máximo de foco e segurança, a criança precisa ter acesso rápido aos materiais que serão utilizados nas atividades. “A criança quando vai para a escola prepara uma bolsa. Em casa, quando ela for fazer as atividades, precisa ter tudo à mão”, explica Denise.

4 – Preparar um local de trabalho
Ter um local reservado diariamente para as atividades escolares também ajuda no estabelecimento de uma rotina. “Se a criança tem uma escrivaninha, pode sentar nela. Se ela tem uma mesa de jantar, naquele horário deve estar liberado o mesmo lugar para ela trabalhar”, explica.

5 – Preparar o ambiente
“A criança precisa de um ambiente calmo, sem distrações, para conseguir o foco. Não é justo a criança ficar fazendo lição e o irmão jogando videogame, e a mãe mexendo no celular, e o pai fazendo barulho, assistindo TV. Não dá certo, a família precisa se mobilizar e ajudar nessa questão”.

6 – Fazer combinados
“No momento dos estudos, todo mundo deve encontrar uma atividade relacionada ao estudo. Pode ler, pode bordar, pode fazer algo escrito. Mas não pode pegar aparelhos eletrônicos, porque a criança escuta um barulhinho e se distrai”.

7 – Hora para começar e hora para acabar
“Com as dicas, você consegue o foco necessário para estudar em casa, e ele tem que acontecer sempre no mesmo horário, no mesmo lugar e com todos os materiais necessários. Assim, voltamos à dica número 1, transmitir segurança e serenidade”.

8 – Ser realista
“A gente tem que se conscientizar de que os estudos em casa ainda vão acontecer por algum tempo. Temos que ser realistas e adequar a nossa casa e a nossa rotina para que o aprendizado aconteça. A gente tem que trabalhar conteúdo, aprofundar o conhecimento”.