16 de janeiro de 2021 Atualizado 16:43

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Dicas

Principais cuidados com o cabelo de gestantes

O hairstylist Felipe Guimarães orienta as gestantes como proceder com as madeixas nesse período

Por Redação

20 nov 2020 às 10:03 • Última atualização 20 nov 2020 às 10:04

A gestação é, sem dúvidas, um período de transformações em que a mulher aprende métodos de manter a beleza, por exemplo, visando não prejudicar a gravidez. Um dos cuidados que toda gestante preza é pelo cabelo.

Na gravidez as mulheres notam que os cabelos e as unhas ficam mais fortes devido aos hormônios, o que favorece nos cuidados. Porém, todo cuidado é pouco na hora de aplicar produtos, fazer alisamento ou qualquer procedimento do tipo.

Na gravidez as mulheres notam que os cabelos e as unhas ficam mais fortes devido aos hormônios, o que favorece nos cuidados – Foto: Divulgação

O hairstylist Felipe Guimarães alerta para o que é permitido e o que deve ser usado com atenção nesse período: “É uma época de atenção redobrada com a mãe e o bebê. Portanto, deve-se usar produtos menos nocivos para realizar tratamentos capilares”.

Felipe também orienta quanto aos químicos aplicados no cabelo. “Ao realizar pinturas no cabelo, deve-se atentar ao uso de produtos sem amônia”.

Presente na maioria dos produtos, a substância pode danificar os fios de forma irreversível. Além disso, a química presente no produto pode atingir desde a corrente sanguínea da mãe até ultrapassar a barreira da placenta.

Como alternativa recomenda-se o uso de tonalizantes, que não possuem o elemento químico. Por serem menos agressivos, estes produtos duram menos no cabelo (cerca de 15 semanas) por isso é indicado para mulheres que já possuam algum tratamento químico. O mesmo processo é indicado para as mães que estão em fase de amamentação.

ESCOVA PROGRESSIVA
Outro cuidado que é comum as duas situações (gestante ou em processo de amamentação) é a realização de escova progressiva. É um recurso contraindicado nos dois cenários.

A escova progressiva é composta de formol e outras substâncias tóxicas altamente nocivas. Quem desejar pode alisar o cabelo usando o secador ou a chapinha, sem nenhum produto químico.

Após o parto, com a queda de hormônios, o cabelo também pode apresentar queda. É importante que, nessa fase, você procure um médico para verificar os níveis de vitamina em seu organismo, como o ferro.

Em geral, é indicado que os procedimentos sejam realizados em salões e por profissionais. Os cabelereiros estão preparados para atender gestantes e sabem como fazer os procedimentos de forma segura para o bebê.

Publicidade