13 de junho de 2021 Atualizado 20:24

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Bem-Estar

Homens se cuidam mais atualmente

Eles chegam a gastar 30% do salário em roupas e cuidados com a aparência

Por Dino Divulgador de Notícias

09 Maio 2021 às 09:24

Cada vez mais, nota-se que os homens têm se sentido à vontade em relação ao autocuidado, dando atenção à pele, cabelo, unhas e vestimentas – principalmente os brasileiros. De acordo com dados disponibilizados pela Euromonitor International, o Brasil é o terceiro maior consumidor mundial de cosméticos para homens, ficando atrás apenas do Japão e Estados Unidos.

O reflexo desse movimento é sentido tanto na indústria cosmética, quanto na moda. O mercado global de moda masculina cresce 14% todos os anos, segundo o SEBRAE, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. O número é acentuado quando comparado ao feminino, que aumenta 8% anualmente   

Outro ponto que chama a atenção é o investimento que o público masculino predispõe para cuidar da aparência. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, os homens chegam a gastar 30% do salário em roupas e cuidados com a aparência.

Ao mesmo tempo em que o público masculino demonstra interesse e preocupação com a própria imagem, são mais comedidos na hora de efetuar uma compra – tanto online, quanto presencial. Foi constatado que os homens não dão grande importância para o volume de compras, mas sim, para encontrar o produto certo que atenda sua necessidade. Ou seja, a busca costuma ser mais focada e objetiva

De acordo com uma pesquisa da iProspect, 70% dos homens realizam compras pela internet e priorizam o canal para buscas. Destes, 67% realizam pelo menos uma compra online por mês. Dos itens adquiridos, 40% estão relacionados à moda e vestimenta, segundo o SEBRAE.

Publicidade