22 de Maio de 2020 Atualizado 18:19

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Fique em Casa

Exercícios físicos em casa aumentam a imunidade

De acordo com o Ministério da Saúde, a obesidade pode ser um fator de risco para a Covid-19

Por Danilo Reenlsober

05 Maio 2020 às 08:11 • Última atualização 05 Maio 2020 às 08:12

Algumas doenças podem ser fatores de risco para a Covid-19, causada pelo novo coronavírus. Entre os mais jovens, a obesidade é o principal agravante, de acordo com informações do Ministério da Saúde.

O problema pode se agravar em meio ao isolamento social, já que as academias estão fechadas e mais pessoas caíram no sedentarismo. Mas exercícios feitos em casa podem ajudar a evitar o problema.

Exercícios que trabalham mais de um tipo de músculo, como agachamentos, são considerados os melhores pelo personal – Foto: Freepik

De acordo com o personal trainer Rodrigo Carvalho, é possível não só realizar treinos de alta intensidade em casa, mas também aumentar a imunidade através desses exercícios caseiros.

“Os melhores exercícios são os multiarticulares, que trabalham mais de um tipo de músculo, como agachamentos, puxadas e remadas. Exercícios que melhorem a parte cardiovascular, como passada, corridas e agachamentos com saltos também são indicados”, afirmou o especialista.

Quando praticamos algum tipo de atividade física regular, há um aumento da função das células imunes, o que aumenta nossa imunidade. Esse efeito, no entanto, não dura para sempre. “Portanto, realizar exercícios de 30 a 60 minutos por dia é suficiente para desencadear essa resposta imune”,
apontou Carvalho.

Com a obesidade, o excesso de gordura abdominal tende a reduzir o volume da caixa torácica e dificultar a respiração, explicou o personal. “Esse também é um fator agravante. Se pensarmos que 20% da população brasileira é considerada obesa, é preciso sim uma conscientização para se exercitar em casa e se prevenir”.