07 de março de 2021 Atualizado 11:58

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Bem-Estar

Dicas para prevenir a micose de unha no verão

Devido à umidade, alta temperatura e maior exposição das unhas, a incidência da doença costuma aumentar na estação

Por Redação

20 fev 2021 às 07:11 • Última atualização 20 fev 2021 às 07:12

Algumas condições comuns ao verão favorecem o surgimento de fungos, os principais causadores das micoses que atacam com frequência as unhas. A umidade e a temperatura elevada são as principais delas. E, uma vez com a doença, os sintomas vão desde o aumento na fragilidade, até a deformação e escurecimento das unhas.

Caso exista suspeita de micose ou seus sinais sejam percebidos, é essencial consultar o quanto antes um dermatologista – Foto: Cats Coming_Pexels

Vale lembrar que, caso exista suspeita de micose ou seus sinais sejam percebidos, é essencial consultar o quanto antes um dermatologista, que irá identificar a doença e indicar o melhor tratamento para cada indivíduo.

Com a micose detectada, a recuperação das unhas pode ser feita com antifúngicos em diversas formas, como o Loceryl®, que é um medicamento em esmalte que atua na eliminação dos fungos das unhas com uma ou duas aplicações semanais.

Pensando em evitar esse incômodo durante a estação mais esperada do ano, Loceryl® Esmalte lista algumas dicas de prevenção à micose.

Seque bem os pés: após o banho ou sempre que houver contato com água, é necessário secar bem os pés. É importante passar a toalha entre os dedos para evitar que as dobrinhas fiquem úmidas, principalmente se for colocar meias ou um calçado fechado. Usar o secador de cabelo também é uma opção para agilizar o processo.

Atenção aos sapatos: escolher sapatos que não façam os pés transpirarem e usar calçados abertos, sempre que possível, é a melhor opção. Caso seja necessário usar sapatos fechados, uma dica é higienizá-los bem. E evitar usar o mesmo sapato dois dias seguidos, para dar tempo de a umidade secar completamente.

Use talco: aplicar esse item nos pés e nos sapatos é um bom truque para manter a umidade longe dos pés.

Escolha bem as meias: o ideal é usar sapatos sem meias para evitar a umidade, mas caso seja preciso usá-las, é importante optar por tecidos de algodão ou fibras naturais, que ajudam a manter os pés secos. As meias sintéticas devem ser deixadas de lado, pois favorecem a umidade da região.

Evite andar sem calçados: caminhar descalço em pisos públicos e utilizar chuveiros compartilhados são algumas das atividades comuns da estação, e que podem favorecer a contaminação por micose. Use chinelos sempre que possível

Fonte: Galderma

Publicidade