05 de agosto de 2021 Atualizado 08:14

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Dia dos Namorados

Como manter vivo o romance na pandemia

Apesar da convivência intensa, casais ainda podem se surpreender e manter o amor vivo; psicóloga dá dicas

Por Isabella Holouka

09 jun 2021 às 07:21

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) fez com que muitos casais tivessem que se adaptar a uma nova rotina, e as mudanças significativas na dinâmica de convivência podem ter causado até mesmo uma sensação de que o amor esfriou.

Diante deste cenário, aproveitar o tempo juntos para o bem da intimidade é a melhor saída para a manutenção de um relacionamento saudável, afirma a psicóloga clínica Aracele Netto Tomiato, coordenadora do curso de psicologia da FAM (Faculdade de Americana).

Carinho precisa vir dos dois lados da relação – Foto: Adobe Stock

A especialista tem testemunhado situações em que os casais anteciparam a decisão de morar juntos ou, por outro lado, confirmaram que não era mais possível conviverem sob o mesmo teto.

Também há pares que se conheceram no último ano e rapidamente avançaram para o momento de dividirem uma casa. Muitos continuam juntos, outros já estão separados.

“A pandemia nos trouxe a convivência intensa e infelizmente não tem sido favorável para muitos casais”, aponta a profissional. Contudo, enquanto houver amor, mesmo se ele estiver um pouco adormecido, vale a pena acordar para novamente se apaixonar.

“Nós podemos rever a qualquer momento os nossos relacionamentos. Trazer novamente aquela energia, paixão, amor. Não importa se vai ser com um copo de água ou taça de vinho, pipoca ou um jantar sofisticado, o que importa é o sentimento envolvido entre os pares”. 

Carinho precisa vir dos dois lados da relação

Nos dias de hoje ainda há muita insegurança sobre quem tem, dentro de um relacionamento, o poder de surpreender o parceiro. Mas qualquer um dos pares pode tomar a iniciativa de preparar um dia especial para o outro. Contudo, vale lembrar que não existe relacionamento de um só.

“A iniciativa da surpresa, do afago, do carinho e do beijo tem que partir de ambos. Não existe um relacionamento adulto, duradouro e intenso, quando apenas um ama. É preciso duas pessoas, mas o que importa é você se preocupar em querer ver o seu amor feliz e querer surpreendê-lo”, afirma a professora e psicóloga, que cita um beijo mais intenso, flores, um jantar especial, ou até mesmo uma ligação não combinada como surpresas acessíveis.

Reunimos dicas capazes de fazer do Dia dos Namorados, de um aniversário, bodas de casamento, ou até mesmo de um dia comum, uma ocasião verdadeiramente especial.

1. Adotem um olhar amoroso

Ao invés de terem sempre um olhar crítico, adotem um olhar amoroso, calmo e de admiração pelo par e tudo o que ele faz, lembrando dos motivos pelos quais o encantamento e amor começou, buscando uma reinvenção. Permitam-se enamorar e tocar de forma prazerosa e contemplativa, dividindo momentos que geralmente são vividos apenas no início do relacionamento.

2. Se arrumem para estar juntos

Ficar o dia inteiro de pijamas nos dias de quarentena pode não ser a melhor escolha. Afinal, não é porque resolvemos dividir a vida com uma pessoa que devemos deixar de nos importar com a maneira como ela nos vê. Uma roupa especial ou perfume que agrade ao par também são capazes de transmitir paixão e desejo, ajudando a manter a paixão sempre acesa.

3. Programem juntos um momento especial

Não precisa ser um fim de semana ou um dia especial para que possam ter momentos prazerosos e românticos. Mesmo em tempos de pandemia, o casal pode cozinhar juntos, dar uma volta de mãos dadas, assistir a um filme e resgatar momentos de carinho e felicidade vividos em companhia um do outro, trazendo o desejo de que a relação se aqueça.

4. Prezem pelos pequenos atos de carinho

Com a correria do dia a dia, é comum que os pares deixem de lado pequenos gestos que transmitem carinho e surpreendem os seus amantes. Ideias simples como enviar uma mensagem inesperada ou escrever um bilhete dizendo o quanto foi boa a noite que passaram juntos, ou o quanto essa pessoa é amada e atraente, já alegram o dia.

5. Aproveitem para conversar

Dividir um aperitivo em casal é uma ótima oportunidade para que conversem sobre seus projetos, planos que foram engavetados pela correria diária, uma viagem feita ou por fazer, uma festa de casamento, o plano de ter filhos, ou ainda maneiras de se reinventarem em meio às crises provocadas pela pandemia. Se ela aumentou a convivência, por que não conversar mais e com calma?

6. Não pensem que é tarde demais

Só consegue manter acesa a paixão quem, de fato, vive um relacionamento. Portanto, a principal recomendação é nunca desistir de encantar o parceiro e cuidar para que vivam momentos maravilhosos juntos. Aproveite o tempo disponível para colocar a criatividade em ação, sempre em busca da aproximação. Afinal, um período de convivência intensa também pode significar um amor verdadeiro e feliz.

Publicidade