30 de maio de 2020 Atualizado 14:40

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Fique em Casa

Como adaptar sua rotina de treinos dentro de casa

Aprenda quais são os melhores exercícios para continuar em forma na quarentena

Por Danilo Reenlsober

29 mar 2020 às 07:43 • Última atualização 02 abr 2020 às 11:16

Foto: Divulgação
É possível não perder os ganhos da atividade física, mesmo estando limitado ao espaço de sua casa ou apartamento

Uma das armas para diminuir a proliferação do novo coronavírus é evitar aglomerações. Isso levou governos de vários estados e cidades a solicitarem o fechamento das academias de ginástica, pois esses poderiam ser possíveis locais de transmissão. Para quem não quer ficar sem treinar durante esses tempos de quarentena, a saída é adaptar os exercícios e fazer as atividades dentro de casa.

“As pessoas acham que precisam de equipamentos complexos de academias para se exercitarem e como neste momento não é possível, é importante ressaltar que existem várias maneiras de continuar praticando atividade física”, explica Mônica Apóstolo, especialista em pilates e treinamento funcional.

Alongamentos, agachamentos, abdominais, flexões de braço e pranchas são alguns dos exercícios que podem ser feitos em casa. “Também é possível utilizar objetos que todos temos em casa, como cadeiras, almofadas, vassouras, garrafas d’água, toalhas, panos de chão, cintos e até sacos de arroz”, ressalta a especialista da Queima Diária.

Antes de praticar qualquer atividade física em casa, no entanto, Mônica lembra da necessidade de prestar atenção à postura para evitar danos à coluna e outras partes do corpo. “Além disso, é importante fazer os movimentos em uma amplitude correta, na qual você não sinta dores, e realizar os exercícios com concentração e entendendo e respeitando seus limites”.

Criar uma rotina de treinos diários também ajuda. Afinal, é fácil ficar com aquela preguiça de praticar qualquer atividade, com tantos atrativos dentro de casa. “Meu conselho é manter uma rotina de treinos, com um cronograma de exercícios de acordo com seu objetivo, se organizando para ter um horário exato para se exercitar”, completa.

Além de todas essas dicas, é importante tomar cuidado com os treinos que muitos influencers compartilham em suas redes sociais, principalmente no Instagram. Analise se ele é um profissional formado na área e se é vinculado ao Confef (Conselho Federal de Educação Física).