25 de julho de 2021 Atualizado 19:36

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Bem-Estar

Bem-estar na melhor idade com viagens e aventuras

Aos 79 anos, Izaura Demari é um exemplo de avó que não esperou o tempo passar

Por Redação

26 jul 2020 às 09:14 • Última atualização 26 jul 2020 às 09:31

O povo brasileiro aumentou sua expectativa de vida nos últimos anos, saltando de 65 para 70 anos em relação aos homens e de 70 para 75 das mulheres. Mas, podemos observar exemplos diários de pessoas que estão na considerada “terceira idade”, com muita disposição e querendo usar o tempo mais livre para conseguir criar novos projetos, aproveitar para viagens e novas aventuras.

É o caso de uma senhora de Florianópolis, que nasceu em Londrina, Izaura Demari. Aos 79 anos, após criar três filhos, ser avó de cinco netos e ainda ter a felicidade conhecer seus três bisnetos, ela não vestiu o pijama de vovozinha e sentou em uma cadeira de balanço esperando o tempo passar.

Pelo contrário. Exerce atividades diárias como cuidar de orquídeas, passeios e viagens, arejando a mente com cada lugar novo que conhece e recentemente, com a ajuda do filho caçula, Márcio, está compartilhando sua rotina, prazeres e estilo nas redes sociais, conseguindo o status de influencer da terceira idade.

Izaura Demari, a vovó mais fashion das redes sociais, conseguiu o status de influencer da terceira idade – Foto: Instagram_@vovoizaurademari

Foi no Instagram, com visuais mirabolantes e chapéus robustos, que a sempre bem vestida senhora ganhou reconhecimento, trabalhando com mais de 20 marcas, participou de vários programas de tv, foi matéria em mais de 8 revistas nacionais e 2 revistas americanas, e desfilou no SPFW pelo Instituto Free Free

Ter sempre uma atividade é carro-chefe para se manter em bom estado físico e mental. E, claro ter hábitos saudáveis, atividades físicas regulares fazem parte do bom pacote da nova juventude depois dos 60 anos.

Todavia, os idosos do século 21 estão indo além de serem praticamente disciplinados de hábitos focados na saúde. Eles construíram à sua volta uma resiliência com a vida pouco observada nos jovens de hoje, que sucumbem cada vez mais com crises de ansiedade, pânico e outras dificuldades emocionais

MAIS SAÚDE
A Organização Mundial de Saúde recomenda a importância de se “adicionar saúde aos anos” dos idosos com cuidados com a parte física, mas sem deixar para trás atividades sociais como dança, viagens, entre outras ações que gerem contato entre as pessoas.

“Na minha juventude morei em uma fazenda, em Londrina, no Paraná. Éramos de uma família numerosa. Meu pai era italiano e minha mãe descendente de italiano e foi uma das melhores épocas da minha vida. Vivíamos o hoje, sem muitas pretensões. E isso me tornou uma pessoa bem resolvida, que sabe viver cada minuto da vida”, disse Dona Izaura, que já viajou por diversos lugares, tem uma rotina ativa e não se deixou abalar pelas mazelas da vida ao longo de mais de sete décadas neste mundo.

Publicidade