31 de maio de 2020 Atualizado 12:02

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

FILHOS

Atividades ajudam o desenvolvimento das habilidades

Com as escolas fechadas, especialista fala sobre a importância das crianças pequenas serem estimuladas em casa, com brincadeiras que atuam no desenvolvimento

Por Da Redação

14 Maio 2020 às 09:31

As escolas fecharam e adotaram as aulas online, como forma de dar continuidade ao ano letivo. Sem irem para a escola, as crianças na fase da educação infantil devem ser estimuladas em casa para não terem o desenvolvimento prejudicado. Quem faz o alerta é a neuropiscopedagoga Lidiane Leite, que indica brincadeiras que podem ser feitas em casa para estimular os pequenos de até 5 anos.

“Criança precisa de experiências concretas para estimular os canais sensoriais e desenvolver os fatores psicomotores.  A primeira infância deve ser um momento de muitos movimentos e de muitas horas no chão. Outro fator que prejudica as crianças na educação infantil é o uso inadequado e em excesso de aparelhos eletrônicos prejudicando a sua saúde ocular”, diz.

Segundo ela, os pais e professores deveriam trabalhar mais atividades sensoriais e motoras. “Penso que não devemos limitar os momentos de estudos apenas no computador e na internet. É preciso elaborar atividades multisensoriais para as crianças, desenvolver as habilidades e estimular as funções cognitivas e executivas”. 

A primeira infância deve ser um momento de muitos movimentos e de muitas horas no chão – Foto: Free Pix

“Existe muitas crianças com idade motora com atraso em relação a idade cronológica. O ideal é reduzir as telas e principalmente pensar não apenas no cognitivo da criança, mas pensar também no emocional e no desenvolvimento da sua base psicomotora”, finaliza Lidiane Leite.

Pensando em desenvolver as crianças, a neuropsicopedagoga indicou algumas brincadeiras que podem ser feitas em casa acompanhadas por um adulto durante a pandemia.

Veja o que pode ser feito com as crianças de até cinco anos em casa

Aos 2 anos
• Amassar jornal e encher sacos de lixo preto
• Espremer buchas molhadas em recipientes grandes
• Fazer pintura com o pente de cabelo fino
• Manipular com as mãos texturas, como: espuma de barbear, maisena, sagu e gel.

Aos 3 anos
• Com uma colher a criança vai tirar objetos pequenos como tampinha de garrafa pet de um recipiente e levar sem derrubar para outro recipiente.
• Rasgar papel velho e colocar os pedaços dentro da garrafa pet
• Fazer a criança tirar a água de uma vasilha e jogar a água em outra vasilha
• Prender os pregadores de roupas na lateral de um pote plástico

Aos 4 anos
• Prenda três tiras de papel e a criança vai ter que fazer uma trança com elas
• Separar objetos por cor, tamanho e forma
• Fazer dobraduras, como chapéu e aviãozinho
• Aproveitar esponjas e batatas para fazer carimbos diferentes

Aos 5 anos
• Fazer recortes contínuos (linha reta) e recortes arrendondados
• Enfiar linha na agulha sem ponta
• Fazer castelos de cartas de baralho
• Fazer nó e laço com cordas grandes