30 de maio de 2020 Atualizado 18:00

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Insônia

A importância de se dormir bem

Insônia é definida como uma dificuldade de dormir ou de chegar em estágios profundos do sono por pelo menos três vezes na semana

Por Da redação

14 Maio 2020 às 21:22

Muitas pessoas estão sentindo as consequências do isolamento social na hora de dormir. Vira de um lado, vira do outro e o sono não vem. Segundo Fabrício Dias, médico de família e especialista em medicina antroposófica, a insônia é definida como uma dificuldade de dormir ou de chegar em estágios profundos do sono por pelo menos três vezes na semana.

Além do distúrbio, outro tormento que muitos dizem ter aumentado nessa fase são os pesadelos. E a explicação para isso é simples: os sonhos são um espelho do que estamos vivendo e afloram tanto nossos desejos como nossos medos e angústias.

Já que nesse momento o estresse é contínuo, faz com que os pesadelos sejam mais constantes. Para ajudar a dormir e despertar, nosso organismo libera hormônios.

A melatonina é produzida à noite, na escuridão, quando chega perto do horário de dormir. E pela manhã, o cortisol é liberado para nos deixar alerta para qualquer acontecimento e vai diminuindo ao longo do dia.

Ele também é conhecido como o hormônio do estresse e, com a alta tensão do isolamento social, seu nível está constantemente alto, dificultando o sono. Se afastar de telas de celular, computador e televisão duas horas antes de ir para a cama contribui para a solução do problema, já que a luz dos aparelhos faz o cérebro entender que ainda é dia e retardar a liberação da melatonina.