Márquez fatura pelo 4º ano seguido a pole da etapa argentina da MotoGP

O espanhol Marc Márquez segue imbatível em treinos de classificação no Autódromo Termas de Río Hondo. Neste sábado, o piloto…


O espanhol Marc Márquez segue imbatível em treinos de classificação no Autódromo Termas de Río Hondo. Neste sábado, o piloto da Honda confirmou esse predomínio ao faturar a pole position da etapa da Argentina, a segunda da temporada 2017 da MotoGP, em Santiago del Estero.

Desde que a MotoGP voltou a ter uma etapa na Argentina, em 2014, Márquez faturou a pole position em todas elas – esta, portanto, foi a quarta consecutiva, do espanhol da Honda. Além disso, ele venceu a prova sul-americana em 2014 e em 2016, abandonando a corrida de 2015.

Agora, portanto, Márquez vai buscar novo triunfo na Argentina e o seu primeiro em 2017, pois na prova de abertura do campeonato, no Catar, o atual campeão mundial foi o quarto colocado. E ele começará a prova deste domingo na primeira colocação após garantir a pole position com a marca de 1min47s512 na segunda e decisiva fase do treino de classificação.

Márquez, aliás, sobrou nessa parte da atividade, tanto que nenhum outro piloto registrou uma volta em menos de 1min48. Quem mais se aproximou do espanhol e surpreendeu foi o checo Karel Abraham, da Aspar Ducati, que marcou o tempo de 1min48s275.

O checo foi apenas 0s003 mais rápido do que o britânico Cal Crutchlow, da LCR Honda, que completou a primeira fila do grid de largada da etapa argentina da MotoGP. O italiano Danilo Petrucci garantiu o quarto lugar com a sua Ducati, à frente do espanhol Dani Pedrosa, da Honda.

Após vencer a prova de abertura do campeonato no Catar e liderar os treinos livres de sexta-feira na Argentina, o também espanhol Maverick Viñales decepcionou na sessão de classificação ao ficar apenas em sexto lugar, sendo seguido pelo italiano Valentino Rossi, da Yamaha.

E a relação dos dez primeiros colocados do grid foi completada, em ordem, pelos espanhóis Aleix Espargaró, da Aprilia, Loris Baz, da Avintia Ducati, e Álvaro Bautista, da Aspar Ducati.

A decepção do dia ficou com a Ducati, que não conseguiu avançar com seus pilotos para a fase decisiva da sessão de classificação. O italiano Andrea Dovizioso vai largar do 13º lugar na Argentina, enquanto Jorge Lorenzo será apenas o 16º do grid.

A etapa da Argentina da MotoGP será disputado neste domingo, com largada agendada para as 16 horas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora